O Clube de Futebol Europeu AZ Alkmaar será pago em Bitcoin

O Clube de Futebol Europeu AZ Alkmaar será pago em Bitcoin por meio de uma parceria com uma exchange local.

A exchange holandêsa Bitcoin Meester tornou-se parceira exclusiva do time de futebol AZ Alkmaar. Como parte do negócio, a equipe receberá parte dos recursos em bitcoin, que se comprometeu a manter.

AZ Alkmaar – o primeiro clube de futebol a operar com o BTC

Um dos times de futebol de maior sucesso na Holanda – AZ Alkmaar – anunciou sua colaboração com o Bitcoin Meester em seu site oficial. O provedor de criptoativos local se tornará o promotor do clube e parte do valor do patrocínio será pago em Bitcoin. Além disso, a equipe disse que manterá o BTC recebido em seu balanço.

Assim, o AZ Alkmaar será o primeiro clube holandês a fazer tal movimento. O Diretor Comercial da equipe – Michael Koster – explicou os motivos do negócio:

“O mercado de criptomoedas está crescendo, com um crescimento exponencial de usuários nos últimos anos. Isso é atraente, mas é justamente em um novo mercado que alguma direção é importante. Nem todo mundo já está familiarizado com criptomoedas e o Bitcoin Meester é capaz de guiar com responsabilidade novos usuários neste mundo. ”

O CEO da Bitcoin Meester – Mitchell Zandwijken – observou que esportes, e futebol, em particular, são um dos mercados mais importantes por causa da enorme base de fãs lá. Ele descreveu a colaboração com o clube holandês como “estratégica“, já que a exchange terá a oportunidade de apresentar aos torcedores do AZ e ao resto do país as moedas virtuais.

Conhecida como Kaaskoppen (Cheesheads), a equipe ficou em 3º lugar no ano passado no campeonato local, a apenas alguns pontos dos gigantes Ajax e PSV Eindhoven. A casa do AZ Alkmaar é o Estádio AFAS, onde assinou o contrato com o Bitcoin Meester.

Criptoativos do futebol

A indústria de criptomoeda parece atraente para o mundo dos esportes, e os times de futebol não ficam para trás . Uma dessas grandes colaborações foi entre o clube italiano Rimini FC 1912 e o empreendimento blockchain Quantocoin.

O projeto de tecnologia comprou 25% da Rimini inteiramente com ativos digitais, justamente – com seu token nativo, o Quantocoin (QTCT). Isso contou como um marco significativo, pois foi a primeira vez que um time de futebol foi comprado usando uma criptomoeda.

Por sua vez, o English Premier League Club – Newcastle United – associou-se ao projeto blockchain StormGain. O CEO da plataforma afirmou:

“Estamos entusiasmados com a parceria com um clube de futebol importante e emocionante como o Newcastle United. Acreditamos que a colaboração de criptomoedas e esportes convencionais é inevitável. ”

Além disso, o clube de futebol de maior sucesso em Portugal – SL Benfica – anunciou que a sua mercadoria estaria disponível para compra com criptomoeda. A equipa, que se sabe ser apoiada por cerca de 50% da população portuguesa, vai aceitar Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH) e token UTRUST (UTK).

 

Fonte: CryptoPotato

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8