O hashrate do Bitcoin Cash conseguiu se recuperar após o halving?

Hashrate do Bitcoin Cash despencou após o halving

Em 9 de abril fizemos um post aqui na Webitcoin falando a respeito dos desdobramentos do halving do Bitcoin Cash. O principal ponto discutido no artigo mencionado ficou por conta da forte queda no hashrate do Bitcoin Cash, que chegou a cair mais de 80% em menos de 48 horas após o evento.

Surpreendeu a comunidade inclusive o fato de que Roger Ver, maior patrono do BCH, ter se juntado à maioria dos mineradores e retirado a maior parte de seu poder de processamento da rede do Bitcoin Cash.

Após registrar hashrate de 3.9772 EH/s na manhã do dia 8 de abril, o BCH viu seu poder de mineração despencar vertiginosamente. No dia 9 de abril, pouco menos de 24 horas após o topo de hashrate registrado, o Bitcoin Cash registrou apenas 748.7246 PH/s de poder computacional.

Mas e como está atualmente o Bitcoin Cash? Será que essas quase duas semanas foram suficientes para dar uma aliviada na pressão e trazer de volta os mineradores?

BCH respira, mas ainda longe do ideal

A resposta para a pergunta feita acima é sim e não ao mesmo tempo. Sim, pois o hashrate se recuperou sensivelmente em relação ao fundo do dia 9, mais do que dobrando. E não, por ainda estar muito abaixo do que seria “justo”.

É do conhecimento de todos que a tendência pós-halving é de queda no hashrate para qualquer moeda. O problema é que no BCH essa queda foi muito expressiva, e mesmo após se recuperar um pouco , não retornou a patamares aceitáveis. Você será capaz de perceber do que estamos falando no gráfico abaixo:

gráfico de hashrate do Bitcoin Cash

Gráfico por: coinwarz

 

Durante a redação desse texto o Bitcoin Cash registra um hashrate de 1.5473 EH/s, que representa menos da metade do poder computacional no pré-halving. Esse valor também fica muito abaixo da faixa de 3.500 EH/s a 3.700 EH/s que o BCH ficou durante a maior parte do mês de março.

Com isso, resta ao Bitcoin Cash aguardar pelo halving do Bitcoin que deve ocorrer no dia 12 de maio. A expectativa é que o poder de mineração do BCH torne a subir quando o BTC passar pelo seu evento de redução da recompensa da mineração. Caso isso não ocorra, dias sombrios podem estar aguardando o maior fork do Bitcoin.

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.