O maior banco de El Salvador apoiará Bitcoin para empréstimos e cartões de crédito

O Bancoagricola está apoiando uma ampla variedade de serviços relacionados ao Bitcoin em El Salvador, graças a uma parceria com a startup de pagamentos Flexa.

O uso do Bitcoin em El Salvador ainda não teve um início muito bom. Mesmo assim, as instituições financeiras já estão fazendo o possível para cumprir a lei e o maior banco de El Salvador apoiará Bitcoin para empréstimos e cartões de crédito.

O Bancoagrícola, está entre os primeiros bancos a incluir soluções de tecnologia compatível com Bitcoin e já está adaptando sua infraestrutura para oferecer serviços de Bitcoin graças a uma parceria com a startup de pagamentos digitais Flexa.

Bancoargícola e Flexa fazem parceria para levar Bitcoin para os bancos

De acordo com um comunicado oficial divulgado pela Flexa, a integração de ambas as partes permitirá que os salvadorenhos utilizem os serviços bancários básicos, independentemente de escolherem Bitcoin ou dólares.

A startup mencionou que o Bancoagrícola começou a apoiar o Bitcoin para empréstimos, cartões de crédito e bens e serviços comerciais na tentativa de cumprir a Lei do Bitcoin o mais rápido possível.

A Lei do Bitcoin, introduzida pelo presidente Bukele em junho e aprovada algumas horas depois pelo congresso pró-Bukele do país, estipula que o Bitcoin será reconhecido como curso legal, sendo de aceitação obrigatória por qualquer agente econômico com os meios mínimos necessários ao uso isto.

Como o Bitcoin opera fora da estrutura bancária, o governo criou a carteira Chivo e distribuiu US $ 30 em BTC para todos os salvadorenhos que a baixassem. A carteira Chivo é de custódia, não depende diretamente de nenhum banco e permite a troca imediata e supostamente de taxa zero entre Bitcoin e dólares.

Mas o Bancoagrícola estaria dando um passo além do ponto de vista dos serviços financeiros integrados. A parceria servirá ainda para oferecer compatibilidade com Bitcoin nos pontos de venda do Bancoagrícola sem a necessidade de utilização da Carteira Chivo.

Os bancos em El Salvador não são os únicos a inovar

O Bancoagrícola é uma subsidiária do Bancolombia, o banco líder da Colômbia. Nesse país, o Bancolombia está trabalhando em uma integração com a exchange de criptomoedas Gemini, regulamentada pelos EUA, para oferecer serviços semelhantes, graças ao ambiente de simulação regulamentar em vigor desde 2019.

A integração com Flexa seria uma inovação única em todo o mundo. Carlos Mauricio Novoa, COO do Bancoagrícola, disse estar entusiasmado com as perspectivas futuras e que espera continuar aprimorando seus serviços nesta nova etapa econômica que se inicia no país.

“Estamos entusiasmados por ser a primeira instituição financeira em El Salvador a permitir o acesso de bitcoin para nossos clientes em todo o nosso pacote de produtos financeiros e para melhorar a inclusão financeira. Flexa tem sido fundamental para nos ajudar a priorizar as experiências de nossos clientes usando bitcoin como moeda legal em El Salvador; esperamos continuar a inovar ao lado deles por muito tempo. ”

Graças a essa solução, os salvadorenhos teriam compatibilidade total de Bitcoin para fiat, mesmo que usassem uma carteira de terceiros além da carteira Chivo patrocinada pelo governo.

 

Fonte: CryptoPotato

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8