O plano secreto para salvar a Steem de Justin Sun

Depois que o CEO da Tron assumiu o controle sobre a blockchain Steem, sua comunidade quer se libertar de suas garras, porém o plano é arriscado.

O que acontece quando uma força centralizada atinge uma blockchain descentralizada? Caos. A comunidade da Steem que o diga.

O CEO da Tron, Justin Sun, adquiriu recentemente a Steemit Inc., empresa que desenvolveu o Steemit – fórum semelhante ao Reddit baseado na blockchain Steem. Com isso, ele recebeu uma grande fatia —estimada em 20%— do montante total de tokens Steem.

retrato de Justin Sun
Justin Sun, CEO da Tron. Imagem: Tron.

A Comunidade Steem—a qual usa o Steemit principalmente para se comunicar—não queria nada disto. Eles arquitetaram um plano para congelar as moedas recém-adquiridas de Justin para se certificarem de que seriam usadas para o desenvolvimento da rede. Justin ficou sabendo do plano e se juntou à duas grandes exchanges de criptomoedas, sendo essas Binance e Huobi, no intuito de assumir o controle da rede e impor sua vontade perante a blockchain Steem, mantendo suas moedas. Ele comemorou uma vitória contra os “hackers.”

Uma Colmeia de Dissidências

Entretanto, a comunidade Steem espera rir por último. Um novo plano foi pensado, plano esse que irá basicamente mover a Steem para uma nova blockchain— uma na qual as moedas de Justin não valham nada. Um holder pseudônimo da Steem, de nome ‘Blocktrades’, propôs a ideia chamada de ‘a nova colmeia em cadeia’.

“Em breve lançaremos uma nova moeda que primariamente é um hardfork remodelado da Steem, o qual será distribuído via airdrop para todos os Steemians (usuários da plataforma), porém sem airdrop para o stake do Steemit. Essa nova cadeia manterá todos os nossos posts e dados de transação, além de suportar todos os mesmos Dapps que já conhecemos e amamos,” escreveu o usuário no Steemit.

“Acredito que todo o valor econômico se moverá para esta rede enquanto a cadeia com os tokens de Justin vai simplesmente morrer,” adicionou Blocktrades.

O holder ainda argumentou que a comunidade da Steem conta com 36 desenvolvedores experientes, além de equipes de negócios e marketing, artistas e idealistas —e ponderou que diversos outros holders importantes ofereceram recursos de computação e uma significativa ajuda financeira em prol do projeto.

“Mesmo nessa fase inicial, estou totalmente convencido de que temos apoio suficiente para lançar e desenvolver essa nova blockchain,” escreveu Blocktrades.

O hardfork da Steem vai vingar?

A grande pergunta é: a comunidade da Steem está de acordo?

Matt Rosen, ‘testemunha’ da Steem (tipo de delegado, nome dado a quem ajuda a rodar a blockchain) e desenvolvedor, disse: “Por um lado, não acho que já tenha havido um fork que acabou superando o original em valor, porém, por outro lado, também não acredito que tenha havido uma situação onde tamanha parte da comunidade de uma blockchain/token estivesse tão insatisfeita com os acontecimentos de momento.”

“Se a comunidade está o apoiando, então ele tem boas chances. As pessoas são de fundamental importância mas será difícil,” ele acrescentou.

imagem de Mel Gibson em 'Coração Valente' gritando por liberdade
A comunidade da Steem está lutando pela sua Blockchain. Imagem: Google

Já tiveram 700 comentários na publicação, com muitos usuários dando suporte à ideia. “Eu apoio tal revolução e mudança. Darei o meu máximo para apoiar a nova cadeia com infraestrutura e experiência adquiridas de ser uma ‘testemunha’ e gerenciar servidores,” escreveu um deles. Outro simplesmente postou uma imagem com a palavra FREEDOM (‘liberdade’, em Inglês).

Quer funcione ou não, pelo menos a revolução será descentralizada.

Fonte: Decrypt.