O presidente da SEC, Gensler, explica por que aprovaram o ETF de Bitcoin

O presidente da SEC considerou o recente ETF de Bitcoin mais favorável à proteção do investidor do que um equivalente à vista.

Gensler foi ao ar com seus pensamentos em uma recente entrevista à CNBC, discutindo a aprovação do ETF ProShares Bitcoin. O entrevistador perguntou por que o presidente deu luz verde a um ETF de Bitcoin Futures, antes de um ETF de Bitcoin Spot.

Gensler respondeu contextualizando a aprovação dentro dos objetivos da SEC (Securities and Exchange Commission). Ele explicou que, embora recebam bem a inovação tecnológica, eles precisam trazer os projetos para o perímetro de proteção ao investidor.

“Acho que nós, do setor oficial, devemos ser neutros em termos de tecnologia, mas não neutros em termos de políticas”, disse o presidente.

Ele também afirmou que o Bitcoin Futures já foi supervisionado pela Commodities and Futures Trading Commission por quatro anos. A CFTC supervisiona a Chicago Mercantile Exchange (CME), que opera sob a lei de 1940 de empresas de investimento. A lei oferece proteção aos investidores contra a manipulação comum do mercado.

No prospecto pós-efetivo do ProShares divulgado na semana passada, a empresa apresentou seu ETF de Bitcoin sob a lei de 1940.

Gensler esclareceu que o Bitcoin ainda é uma classe de ativos altamente especulativa e volátil, mas que a supervisão regulatória da CFTC é avaliada mesmo assim.

Futures ETFs são uma escolha melhor para os investidores?

Algumas vozes influentes na comunidade de criptoativos têm criticado a SEC por aprovar um ETF de Bitcoin Futures primeiro.

Raoul Pal – CEO da Global Macro Investor – criticou o produto por obter fatias massivas dos lucros dos investidores em taxas de administração. Ele chamou isso de uma solução “subótima” em comparação com o comércio à vista e que prejudica os investidores de varejo mais do que os ajuda.

Vozes populares, incluindo Willy Woo e Preston Pysh, também foram às críticas. Eles previram que taxas excessivas associadas ao ETF ProShares criarão pressão de venda líquida no BTC, reduzindo seu preço.

Pouco depois da aprovação do ProShares, a Grayscale entrou com um pedido para transformar seu fundo de Bitcoin em um ETF de Bitcoin spot negociado publicamente. Ainda não há sinal de que ele ou outros ETFs à vista de Bitcoin serão aprovados.

 

Fonte: CryptoPotato

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8