O que está acontecendo com o interesse institucional pelo Bitcoin? Tom Lee explica

Lançamentos de Futuros de Bitcoin têm trazido quedas ao mercado cripto

Em dois anos distintos, o mesmo filme. No final de 2017 o anúncio dos Futuros de Bitcoin de CME e CBOE animaram o mercado e criaram um sentimento de euforia generalizado. Pico histórico de preço, seguido por uma queda dolorosa.

Em 2019, durante boa recuperação, surgem os Futuros de Bitcoin da Bakkt. Novo projeto, nova euforia. Infelizmente, uma nova queda veio junto.

O volume de contratos relacionados ao Bitcoin negociados nas primeiras 24 pela Bakkt foi baixo, extremamente baixo pra dizer a verdade. Em valores absolutos, foi inferior à 6 milhões de dólares. Já falamos disso por aqui e você pode acessar a matéria que fala disso clicando aqui.

Muitos analistas já apontam que a queda superior a 20% vista na última semana é “culpa” do lançamento da Bakkt. A descida do suporte em US$ 10.000 para valores abaixo de US$ 8.000 preocupou muitos investidores e ligou um sinal de alerta no mercado. Também uma pergunta ficou no ar: por que o Bitcoin não está sendo capaz de atrair o interesse institucional de maneira mais relevante?

(Falta de) Interesse institucional pelo Bitcoin

Instabilidade do mercado? Dúvida regulatória? Descrédito para o longo prazo? É difícil precisar os reais motivos para a baixa adoção institucional do Bitcoin. Contudo, muitos especialistas afirmam que o que falta para o BTC ganhar ainda mais força é justamente essa adoção por parte das instituições.

Sócio gerente do Fundstrat Global Advisor e figura marcante na comunidade cripto, Tom Lee explicou em entrevista recente a falta de interesse institucional no Bitcoin:

“Há um problema mecânico nas criptos em termos de infraestrutura necessária, mas provavelmente também há um problema de tamanho de mercado.”

Ele continuou dizendo que o fato do Bitcoin ter sido adotado por aproximadamente 1% da população dos Estados Unidos faz com que o ativo seja visto mais como um hobby, precisando ainda atrair as grandes instituições do mercado.

Segundo informações do site BitcoinExchangeGuide, uma pesquisa sobre o comércio de criptomoedas feita pela empresa The Tie mostrou que, depois de ver um tremendo crescimento ao longo do verão (no hemisfério Norte), as manchetes sobre o interesse institucional no Bitcoin sofreram uma queda drástica, caindo para uma nova baixa em 2019, vista pela última vez há mais de um ano.

Também no ano passado, nessa época, as menções de interesse institucional no Bitcoin sofreram um aumento repentino e enorme, apenas para cair livremente logo depois.

É bastante provável que o interesse institucional pelo Bitcoin mantenha-se baixo enquanto for vista toda a instabilidade que ronda as criptomoedas, seja em relação à volatilidade, seja sem relação à incerteza que regulatória perante governos e bancos centrais por todo o mundo.

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.