ON FIRE! Bitcoin sobe 40% em 12 horas – Análise BTC

Bitcoin dispara como um foguete e anima a comunidade cripto

O dia 25 de outubro de 2019 certamente se tornou uma data memorável para muitos traders. Uma alta de 40% em menos de 12 horas não era vista havia muito tempo. No próprio ano de 2019, inclusive, mesmo com boa recuperação geral do Bitcoin, não houve uma alta tão contundente em um período de tempo tão curto.

Mais do que isso, conforme o trader e economista Alex Kruger explica em sua conta no Twitter, a alta de ontem foi a 4ª maior da história do Bitcoin em relação ao tempo, além de ser a maior desde outubro de 2011. Pensando nas altas de 2 dias, a que estamos vendo seria a 15ª colocada na história do BTC. Número mais que relevantes para animar qualquer entusiasta.

BTC/UDS – Gráfico de 15 minutos (registrado entre 9h e 21h de ontem)

BTC/USD – Gráfico de 1 hora

Gráficos  por: TradindView

 

Motivos para a alta

É mais do que óbvio que os cripto analistas não deixariam de encontrar mil e uma razões para a alta de 40 do Bitcoin. O motivo apontado com mais frequência até aqui foram os comentários de teor bastante positivo tecidos pelo presidente da China sobre Blockchain. Xi Jinping disse que o país deve implementar a tecnologia em toda a economia, se tornando líder mundial em Blockchain.

Outro motivo relevante bastante apontado foi a expiração dos contratos futuros de Bitcoin na CME. Às 16h (UTC) de ontem, marcado como a última sexta-feira do mês de outubro, o fim dos contratos futuros de Bitcoin da CME parecem ter colaborado bastante para uma “Bull Run” relâmpago.

Por último, mas certamente muito relevante, está a notícia da prisão do CEO da Crypto Capital. Ivan Manuel Molina Lee, como nome principal da Crypto Capital, era acusado pela Bitfinex de ser responsável pela perda de mais de 800 milhões de dólares advindas de má gestão.

Há expectativa de que a Bitfinex e outras exchanges recuperem parte dos quase 1 bilhão de dólares. Uma parte desse valor acabou apreendido pelas autoridades, enquanto outra parte pode ter desviada.

Próximos passos para o Bitcoin

O Bitcoin encontra-se atualmente em correção da super alta de ontem. No momento da redação desse texto o BTC está sendo negociado na faixa de US$ 9.200 – 9.300. No gráfico de 4 horas é possível ver que o indicador Estocástico RSI segue no território de sobrecompra, apontando para baixo, o que pode significar a possibilidade de que haja ainda uma correção um pouco maior no preço.

Para dar continuidade à alta o Bitcoin precisa se sustentar na casa dos US$ 8.000. Outros suportes que podem segurar o preço encontram-se em US$ 9.000, US$ 8.800 e US$ 8.500. Abaixo dos 8 mil dólares a tendência é que o BTC afunde, buscando níveis de suportes preocupantes.

Contudo, o momento de curto prazo é certamente de alta, com os touros assumindo o controle das ações.

*Imagem de: nickgesell por Pixabay

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.