90% dos Day Traders têm prejuízo porque não dominam os 3 Pilares Fundamentais do Trading

Entenda os pilares fundamentais do Trading como um tripé onde quando um deles não funciona, toda a estrutura vai abaixo causando prejuízo.

3 Pilares Fundamentais do Trading

Em 2019 um estudo feito pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e encomendada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) concluiu que mais de 90% das pessoas têm prejuízo no Day Trade.

A pesquisa analisou dados de 2012 a 2017 utilizando um universo de 19.696 pessoas que operavam no day trading. Destas pessoas, apenas cerca de 7,9% insistiram em operar por mais tempo no mercado e, dessas que insistiram, 91% tiveram prejuízo.

Esse estudo foi feito para a bolsa de valores brasileira no mercado tradicional. Para criptoativos, esse resultado não deve ser muito diferente.

Mas por que isso acontece? Por que há um número tão grande de ‘falha’ no day trading?
Continue lendo e vamos explicar durante o artigo!

3 pilares fundamentais do Trading no geral (não só para day trading) e, a grande maioria das vezes, provavelmente na mesma proporção de fracasso dos mais que 90%, pelo menos um desses pilares é sabotado.

Vamos começar pelo mais simples até o último que, para o analista que vos escreve, é o mais importante:

1 – Técnica

O primeiro pilar, e também o mais simples de ser dominado, é a técnica. A Análise Técnica (ou análise gráfica) consiste em dominar as informações que são colocadas no gráfico conforme o histórico do que está acontecendo.

Na base dessa técnica está o que chamamos de price action que visa verificar, literalmente, a ‘ação do preço’ sem considerar outros indicadores.

Há traders que usam só o price action como há também os que usam indicadores no gráfico para confirmar as decisões nas operações. Há vários perfis de (day) traders diferentes.

Independente de como cada um opera, o pilar da técnica é o mais fácil de ser dominado. A maioria dos cursos que existe ensina ‘bem’ essa parte.

O negócio começa a ficar feio quando seguimos para os próximos pilares.

2 – Gerenciamento de Riscos

Pilares Fundamentais do Trading: Gerenciamento de Riscos

Aqui é que começa a pifar o negócio e a compreendermos esse grande número de 90% de traders que têm prejuízo.

Muitas pessoas, simplesmente, ignoram o Gerenciamento de Riscos. E quando não ignoram:
– Fazem errado ou
– Fazem certo mas sabotam o gerenciamento.

Esse é um pilar importante pois aqui é onde a grande massa começa a fracassar.

Algumas pessoas, simplesmente, não usam stop. Aqui vale abrir uma nota e dizer: Essas pessoas nem podem ser consideradas Traders! São aventureiros no mercado que foram enfeitiçados pelo canto de alguma sereia influencer. Esses são o que ignoram o gerenciamento e tendem a falhar.

Outros falham por fazer o gerenciamento errado!

Pode ser porque aprenderam errado ou porque não entenderam como fazer. Aqui volto a falar dos cursos. Praticamente todos ensinam bem a parte técnica, mas muito poucos ensinam corretamente sobre o gerenciamento de riscos, então, cuidado na hora de escolher um curso ou um mentor.

O terceiro caso é quem faz correto mas sabota o gerenciamento. Aí é mais pelo 3° pilar fundamental do trading e não pelo segundo (O terceiro faz com que sabote o segundo e, por fim, toda a operação).

O Gerenciamento de risco (com os ranges de stop e alvos) é validado pelos testes que são feitos antes de começarmos as operações pra valer. Esses testes são assunto para outro artigo, ok? – Vamos para o pilar 3!

3 – Gestão Emocional

O mais importante de todos os pilares, a gestão emocional é a grande causa do fracasso da maioria dos (day) traders.

Quando você está testando a estratégia, no backtest ou simulador, a sua mente é uma. Depois que você aprova a estratégia; supondo que o Trader está seguindo todo o processo corretamente (que não é o que acontece), e você vai para a Banca Real, a partir daí tudo muda no seu cérebro. A partir de agora, você está tomando o risco real com (o SEU) dinheiro de verdade e em cada operação, as emoções gritam dentro de você.

Tudo aquilo que você aprendeu, treinou e testou parece que não vale mais!

O risco e o medo de perder falam mais alto e então, o trader começa a SABOTAR a própria estratégia.

A técnica está certinha, o gerenciamento de riscos (GR) está bem alinhado, mas as emoções e o risco de perder começam a gritar mais alto. É aí que o trader começa a se sabotar:
– Saindo antes da operação antes de bater o alvo definido no GR (famoso alfaçar);
– Subindo o stop antes da hora
– Fechando a operação na mão
– Não entrando na operação mesmo com todos os sinais de entrada positivos
– Não obedecendo as metas de gain e loss
e por aí vai…

O medo de perder cria dezenas de formas de sabotar a operação e, geralmente, consegue.

O pior de tudo é que essa parte da gestão emocional muito pouca gente ensina. São raros os cursos que realmente mostram e orientam bem essa parte.

E, perdendo esse pilar, já era toda a operação! A longo prazo, tende a falhar.

O que fazer?

Podemos concluir que as operações no mercado são um tripé e qualquer pilar fundamental do trading que estiver fraco faz toda a estrutura cair.

Então, se você quer mesmo operar profissionalmente, ser um (day) trader de sucesso, você precisa dominar os 3 pilares, principalmente o terceiro, testar o seu setup exaustivamente até que esteja confiante na sua assertividade dentro do tempo gráfico em que opera alinhado ao seu range de stop e alvo(s) e, por fim, ser frio e calculista na hora de entrar e sair (como um robô).

Veja,

Você testou bastante (mais de 50 operações em cada teste) e todas deram uma boa assertividade que fecha positivo com o seu GR. Depois de todos esses testes, você já tem uma boa amostragem para aprovar sua operação real. Resumindo:

Deu certo em todos os testes… Você sabe que funciona!

Confia e opera, sem medo, dominando a parte emocional e …
Sucesso!

Foto de André Cardoso
Foto de André Cardoso O autor:

André , ariano, engenheiro, empreendedor, trader de criptos profissional, palestrante e professor. Adora números, gráficos e aprender coisas novas.

andre.cardoso.btc/