Pesquisa aponta que 65% dos comerciantes no Paypal estão prontos para usar Bitcoin para pagar por bens e serviços

Paypal é apontado como um dos grandes responsáveis pela alta do Bitcoin em 2020

Pelo menos 65% das pessoas que usam o aplicativo Paypal para negociar Bitcoin estão preparadas para começar a usar a criptomoeda principal para pagar por bens e serviços nas 28 milhões de lojas mantidas pela empresa de pagamentos em todo o mundo. De acordo com uma pesquisa proprietária de 380 usuários do Paypal pela Mizuho Securities, 17% dos entrevistados disseram que já negociaram Bitcoin (BTC) por meio de suas contas Paypal desde que a empresa começou a oferecer serviços de criptomoedas em outubro.

Destes, a maioria são os que mostraram disponibilidade para utilizar Bitcoin para compras. A descoberta é significativa na medida em que reforça as credenciais do Bitcoin como meio de pagamento viável – algo que os oponentes do Bitcoin têm usado rotineiramente para desacreditar o ativo digital.

Espera-se que o Paypal permita que todos os seus clientes usem Bitcoin como fonte de financiamento para pagar por bens e serviços em seus 28 milhões de comerciantes globais a partir do início de 2021. A empresa possui cerca de 346 milhões de usuários ativos.

A pesquisa descobriu que os negociantes de Bitcoin usam o aplicativo Paypal três vezes mais do que os não-bitcoiners e que eles tinham saldos de caixa significativamente mais altos em suas carteiras digitais do Paypal. Ela apontou que 50% dos traders relataram usar outras funções do Paypal, como o pay-in-4 e o código QR, depois que começaram a negociar Bitcoins na plataforma.

Dan Dolev, analista da Mizuho, ​​acredita que a receita do Paypal deve subir 20% em 2021 graças ao novo serviço de criptomoedas. Ele também elevou a meta de preço de suas ações de US$ 270 para US$ 290. As ações do Paypal caíram 1,84% para $ 212,56 no preço de fechamento de 2 de dezembro. A empresa listada na Nasdaq está acima de 100% no acumulado do ano.

Recentemente, o gestor de fundos de hedge Pantera Capital revelou que o Paypal comprou até 70% de todo o Bitcoin recém-extraído desde que a gigante dos pagamentos começou a oferecer serviços de criptomoedas em outubro. Junto com o Cash App da Square, as duas empresas estão comprando mais de 100% de todos os BTC virgens recém-emitidos, disse.

Com a demanda tão alta, a entrada do Paypal nas criptos parece ter estimulado uma forte alta no preço do Bitcoin. O ativo rompeu temporariamente seu pico de 2017 em 30 de novembro, quando atingiu $ 19.864, mas desde então caiu  para $ 19.350 no momento da redação desse texto.

Fonte: Bitcoin.com

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.