Pesquisadores descobrem 5 vulnerabilidades críticas na EOS em 2019

Mais de US$50 mil foram gastos com White hat hackers

Somente neste ano a EOS.io, empresa responsável pelo desenvolvimento da EOS, entregou recompensas pela descoberta de 5 vulnerabilidades críticas no sistema da criptomoeda.

De acordo com a HackerOne, em 10 de janeiro a plataforma concedeu US$40.750 a cinco white hat hackers, e no dia seguinte, um pesquisador recebeu US$10.000. O valor concedido (US$10.000 por falha encontrada) é o mais alto reservado pela empresa apenas para as vulnerabilidades mais críticas identificadas.

A TRON Foundation, empresa por trás da TRON, também concedeu quatro recompensas em janeiro. Totalizando um gasto de US$22.700, foram identificados 3 bugs menores e um caracterizado como crítico.

Outras empresas que detectaram vulnerabilidades foram a Coinbase e Cobinhood, com um e dois bug respectivamente, ambos de “baixo nível”.

Todos os relatórios de vulnerabilidade citados não foram divulgados e os detalhes de cada bug não são públicos.

Mantendo seu preço estável, a EOS perdeu apenas 0,1% de seu valor nas últimas 24h, sendo negociada a US$2,40.

No último ano pesquisadores receberam um total de US$878.000, com a EOS.io sendo responsável por 60% de todas as recompensas concedidas ao longo do ano.

Recentemente a China posicionou a EOS no primeiro lugar em m ranking das principais criptomoedas do mercado. O Bitcoin ficou em 15º.

FONTE: COINTELEGRAPH

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli