Petro: Criptomoeda da Venezuela é oficialmente lançada

O ativo pode ser adquirido por moedas fiat selecionadas e algumas criptomoedas

De acordo com o Twitter do Departamento de Economia da Venezuela, o Petro, criptomoeda estatal, está oficialmente disponível para compra.

Segundo o post, a moeda pode ser adquirida diretamente do site do Tesouro da Venezuela, ou através de seis exchanges escolhidas por Maduro.

Aparentemente, a moeda pode ser comprada por dólares americanos, yuan, euros, e determinadas criptomoedas. O Petro também poderá ser adquirido por pessoas jurídicas e indivíduos que se registraram e passaram pelo processo de validação do site oficial da criptomoeda.

Leia mais: Tether retoma sua paridade com o dólar após queda no suprimento

De acordo com o Twitter da moeda (atualmente suspenso), o ativo pode ser comprado com Bitcoin, Ethereum, Litecoin e Dash. Entretanto, a National Crytocurrency Association declarou que a venda só está disponível para BTC e LTC, entre algumas outras.

Joselit Ramirez foi supostamente designado pelo governo da Venezuela para cuidar dos problemas de atendimento ao cliente.

Sobre as exchanges apontadas por Maduro (Cave Blockchain, Afx Trade, Bancar, Amberes Coins, Cryptia e Criptolago) nenhuma está listada entre as 100 principais no CoinMarketCap.

Leia mais: Blockchain e criptomoedas: O que esperar do futuro presidente Jair Bolsonaro

FONTE: COINTELEGRAPH

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli