“Petro já arrecadou $735 milhões em seu primeiro dia” diz presidente da Venezuela

Petro – o mais novo líder no mundo tecnológico?

O líder venezuelano Nicolás Maduro disse recentemente que, em apenas um dia, o país arrecadou $735 milhões de dólares através da pré-venda do Petro (PTR), sua criptomoeda. O Petro é uma criptomoeda criada para ajudar a Venezuela a se desviar das sanções dos EUA enquanto o bolivar se afunda.

Notavelmente, a Venezuela é o primeiro país a lançar sua própria criptomoeda, e Nicolás Maduro comemorou o decisão por afirmar que isso colocou o país na liderança do mundo tecnológico. O Petro deverá ser financiado pelas reservas de petróleo do país. Além disso, Maduro solicitou 100 milhões de Petros.

De acordo com notícias, o Petro pode ser comprado com moedas fortes e outras criptomoedas, mas não pode ser comprado com o bolivar. A moeda surgiu em um período em que a Venezuela enfrenta uma das mais profundas crises econômicas já vistas. A escassez de alimentos faz com que moradores façam filas para comprar produtos comuns, e usem criptomoedas para sobreviver.

Maduro não deu nenhum detalhe sobre os investidores que aparentemente investiram $735 milhões de dólares em moedas de Petro, e também não deu provas que confirmem esse valor. No entanto, em um programa transmitido nacionalmente, ele, de forma otimista, disse que a moeda colocou a Venezuela na liderança. Ele disse:

“Demos um passo gigante em direção ao século XXI,” disse Maduro em um programa transmitido nacionalmente. “Estamos na liderança do mundo tecnológico”

Leia mais: Coinbase e Bitfinex integrarão SegWit em suas plataformas

Tome muito cuidado com o Petro

O Presidente do país acrescentou que o turismo, a venda de gasolina e algumas transações ligadas ao petróleo poderiam ser feitas com o Petro. Apesar de oficiais venezuelanos ainda não terem dado muitos detalhes sobre como o Petro funcionará, Maduro disse que a criptomoeda é a “criptonita” que pode combater o Superman – o personagem dos quadrinhos símbolo dos Estados Unidos.

A página oficial do Petro já está em funcionamento e já publicou um guia sobre como investidores podem configurar uma carteira. Carlos Vargas, o superintendente de criptomoedas do país, declarou recentemente que o governo esperava atrair investidores da Turquia, Qatar, Europa e Estados Unidos.

No entanto, de acordo com Departamento do Tesouro dos Estados Unidos, ao comprar Petro, cidadãos e empresas dos Estados Unidos estariam violando sanções. Analistas têm alertado possíveis investidores que investir em criptomoedas pode não ser a melhor escolha.

Federico Bond, fundador da startup digital Signatura, disse:

“Meu conselho é que tenham muito cuidado com isso — especialmente se considerarmos o histórico do governo venezuelano.”

Além disso, o congresso venezuelano dirigido pela oposição também afirmou que a venda de criptomoedas é um instrumento ilegal e inconstitucional, visto que tal ato é encarado como um esforço para hipotecar ilegalmente as reservas de óleo do país.

Jean Paul Leidenz, economista sênior na empresa EcoAnalitica localizada em Caracas, revelou que Maduro disse que o subdesenvolvido campo petrolífero Orinoco financiará a moeda digital. Isto significa que talvez nem haja barris de petróleo para ser negociado pelo Petro.

Fonte: CCN.com