Petrobrás suspende importação de combustível para aviões por conta de “anomalias químicas”

Suspensão de combustível via importação faz a Petrobrás planejar a reabertura da produção doméstica

A Petrobras parou “preventivamente” de fornecer combustível de aviação importada depois que testes químicos em um lote obtido via importação levantaram questões em potencial. A medida levou os principais distribuidores de combustível BR Distribuidora e Raizen a suspenderem a venda do produto, de acordo com os registros de hoje (13).

A multinacional de petróleo BP disse em comunicado que sua unidade de combustível para aviação suspendeu imediatamente as vendas de gasolina para clientes e revendedores no Brasil como precaução após o anúncio da Petrobras.

A Petróleo Brasileiro SA, como a Petrobras é formalmente conhecida, disse no sábado que o lote de gasolina importada da aviação, ou avgas, cumpria os requisitos estabelecidos pela ANP, reguladora brasileira de petróleo. No entanto, testes internos levaram a empresa a notar certas diferenças químicas em relação a outros lotes de avgas importados.

“A Petrobras está estudando a hipótese de que uma variação na composição química afetou o material de vedação e revestimento dos tanques de combustível de pequenos aviões”, disse a empresa em comunicado, acrescentando que sua investigação foi preliminar.

————————————————————————————————————————————–

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: coinext.com.br

————————————————————————————————————————————–

A Petrobras Distribuidora SA, como a BR Distribuidora é formalmente conhecida, pertence parcialmente à Petrobras e é o maior distribuidor de combustível do Brasil. A empresa anunciou sua decisão de suspender o fornecimento de avgas na segunda-feira, assim como a Raizen, uma joint venture entre a Royal Dutch Shell PLC e a produtora doméstica de etanol Cosan SA.

Na sexta-feira, a ANP e a ANAC, órgão regulador da aviação, anunciaram a criação de um grupo de trabalho “para investigar reclamações sobre a qualidade da gasolina usada no país”.

O avgas, diferentemente do combustível de aviação, é geralmente usado em aeronaves pequenas, como aviões de apoio.

A Petrobras importa avgas desde 2018, quando foram suspensas as operações na Refinaria Presidente Bernardes, no estado de São Paulo, unidade que produzia o combustível.

A empresa informou em comunicado que planeja reiniciar a produção doméstica de avgas em outubro e não especificou o tamanho do lote em que as anomalias químicas foram detectadas.

Fonte: Reuters

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.