PicPay abrirá a sua exchange de criptomoedas e lançará o BRC, stablecoin com vínculo no Real

PicPay
A Fintech brasileira PicPay, lançará sua exchange e stablecoin vinculada no Real – Imagem: InfoMoney

A Fintech brasileira PicPay entrará no mercado de criptomoedas e quer facilitar o uso das moedas digitais

Com seus mais de 30 milhões de clientes ativos a fintech de pagamento, PicPay, irá entrar no mercado de criptomoedas com a promessa de facilitar o uso no dia a dia, indo além do conceito de que as criptomoedas só servem para investimento.

Para o cofundador da PicPay, Anderson Chamon:

O PicPay vai entrar no mercado de cripto para liderar a sua popularização não apenas como investimento, mas também como uma forma de descentralizar os pagamentos e outros serviços financeiros.

A proposta é incorporar uma exchange de criptomoedas na plataforma que a empresa já possui e desenvolver “carteira” cripto onde poderá ser armazenado Bitcoin, Ethereum e a stablecoins USDP da empresa Paxos e futuramente irá agregar uma stablecoins própria que será BRC, a mesma vai ser vinculada ao Real e a pretensão de lançamento é ainda este ano.

De acordo com Anderson Chamon, hoje em dia o processo de transações com as criptomoedas, para muitos ainda é muito complicado e a plataforma quer simplificar fazendo com que os seus usuários, além de investirem nas moedas digitais, possam usá-las com mais facilidade, como se estivesse usando a moeda fiduciária.

Ainda há muita complexidade no mundo cripto, e nosso papel é tornar isso tão fácil quanto usar dinheiro para todo mundo.

Mas para entrar neste mercado, a PicPay contratará uma equipe especializada em criptomoedas, com vasto conhecimento em Web3, com isto a empresa acredita que vai elevar o patamar do PicPay e dará novas oportunidades de negócios voltados para os serviços de pagamentos.

Segundo Chamon, as criptomoedas irá tornar as transações mais muito mais rápidas do que já acontece hoje, isto será devido ao uso da tecnologia Blockchain e tornará mais transparente para a empresa.

Chamon falou também sobre a atual situação que o mercado, não só de criptomoedas, mas também do mercado global e para ele isto é passageiro, pois acredita na proposta tecnológica das criptomoedas e a utilização no dia a dia vai favorecer o mercado cripto.

Empresas de serviços de pagamento no mercado de criptomoedas

Visa e Mastercard são dois dos nomes mais comumente reconhecidos no ramo de cartões de crédito, ambas já ofertam pagamentos utilizando criptomoedas no mercado atual.

Visa é um dos muitos processadores de pagamentos que entraram no negócio de criptomoedas nos últimos anos. Seu rival, Mastercard, lançou recentemente cartões de pagamento cripto em toda a região da Ásia-Pacífico, enquanto os gigantes dos pagamentos online PayPal lançaram um novo aplicativo de consumidor para criptomoeda, poupança e depósitos diretos, no início de 2021.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_