Polícia está perdendo especialistas em crimes cibernéticos para a indústria de criptomoedas

Policiais

Especialistas em crime cibernético estão sendo atraído pelos altos salários que a indústria cripto está ofertando para o mercado

O Conselho Nacional de Chefes de Polícia do Reino Unido (NPCC) afirma que está perdendo especialistas em crimes cibernéticos em 3 a 4 vezes a taxa do restante do policiamento. A indústria de criptomoedas parece ser a grande responsável por isso, onde grandes empresas estão caçando esses profissionais com ofertas de salários muito maiores.

A migração do Crypto-Cop

Como a Bloomberg relata, tanto a exchange de criptomoedas Coinbase quanto a empresa de inteligência blockchain Chainalysis estão entre as empresas que pagam muito dinheiro para empregar ex-policiais.

Como explicou um porta-voz da Coinbase, esses especialistas “podem desempenhar um papel fundamental” para ajudar a manter os fundos dos clientes seguros e estabelecer sua confiança na economia cripto.

A Binance, também convocou especialistas da Financial Conduct Authority e da Financial Industry Regulatory Authority na semana passada. As contratações visam garantir a conformidade regulatória e de sanções da empresa em todo o mundo, já que os políticos estão cada vez mais desconfiados do papel das criptomoedas em atividades ilegais.

Não ajuda o NPCC que os líderes da indústria sejam altamente lucrativos. O CEO da Binance, por exemplo, agora é um dos homens mais ricos da Terra. Como tal, eles podem oferecer salários altamente atraentes que afastam os especialistas em segurança cibernética do policiamento.

Conforme disse Andrew Gould, chefe da unidade de crimes cibernéticos da NPCC:

A perda de oficiais e funcionários cibernéticos experientes é um problema significativo para nós, suas habilidades estão em alta demanda no setor privado, então podemos vê-los dobrando ou triplicando seus salários, e é por isso que eles vão.

De acordo com as estimativas da NPCC, cerca de 15 indivíduos de formação proeminente em policiamento e aplicação da lei agora trabalham para grandes empresas de criptomoedas. Este número deverá aumentar nos próximos 12 a 18 meses.

Acrescentou Gould.

Embora não invejemos a eles um merecido aumento salarial operacionalmente, não podemos nos dar ao luxo de perder pessoal altamente qualificado nesse ritmo.

Potencial de Criptomoedas para o Crime

A Chainalysis descobriu que, embora os volumes de transações de criptomoedas ilícitas estejam aumentando, sua participação no total de transferências on-chain está caindo ao longo do tempo. Atualmente, os aplicativos DeFi são os métodos mais preferidos para os criminosos lavarem dinheiro na indústria.

Os crimes de ransomware também foram bastante populares para serem conduzidos com criptomoedas, por meio das quais pelo menos US$ 600 milhões foram roubados das vítimas em 2021. Como as transações de criptomoedas são irreversíveis e pseudônimas, elas apresentam uma grande vantagem para os chantagistas em comparação com os métodos tradicionais.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_