PoolTogether está de volta e quer juntar economia e diversão

Versão 2.0 da plataforma traz novas funções e quer desvincular imagem de que se trata de uma rede de apostas

Juntar economia e diversão é a proposta do PoolTogether, plataforma baseada no Ethereum que usa hacks comportamentais para dar um caráter lúdico ao ato de poupar dinheiro. Com o lançamento da versão 2.0, a ferramenta mudou a interface e recebeu novas funções, como a possibilidade de os usuários participarem automaticamente da próxima rodada de sorteios. Além disso, foi feito um reposicionamento de marca, a fim de desvincular a imagem de que se tratava de uma rede de apostas.

Leighton Cusack, CEO e co-fundador do PoolTogether, é categórico ao afirmar que a plataforma não é uma loteria. Segundo ele, o projeto não foi desenvolvido para ajudar as pessoas a jogar, mas sim para criar realidades financeiras mais saudáveis.

“É um produto que aplica a mecânica de uma loteria à ação de economia”, diz Cusack.

Apoiada pela MakerDAO Foundation, a plataforma PoolTogether permite que os interessados comprem bilhetes com a stablecoin da Dai, que é emprestada a juros usando o protocolo automatizado da Compound. Os vencedores recebem o conjunto de juros acumulados ao longo do concurso e qualquer pessoa pode retirar seus fundos quando quiser. Mas, diferentemente de uma aposta convencional, todos os participantes levam, no mínimo, o valor investido a cada rodada.

Mudanças na versão 2.0

Os prêmios são concedidos a cada sete dias, em vez de 15, e os ingressos passam automaticamente para a próxima rodada, sem a necessidade de recompra. A atualização do PoolTogether também inclui uma auditoria da Quantstamp, que aponta riscos mínimos associados ao poder dos administradores do grupo.

Os números também são favoráveis: enquanto o maior pool na versão 1.0 da plataforma registrou um total de 57.000 Dai investidos, em apenas uma semana a versão 2.0 já superou essa marca. Segundo Cusack, foram mais de 70.000 Dai apostados no primeiro pool da nova versão da ferramenta.

Poder de atração

O CEO do PoolTogether ressalta que a ferramenta também despertou o interesse de pessoas que não tinham experiência com criptomoedas.

“Uma das coisas mais legais é ver pessoas que não ligam para o universo cripto, mas se sentem atraídas pelo nosso produto”, conta Cusack.

* Imagem de Nattanan Kanchanaprat por Pixabay.
Fonte: Decrypt

Foto de Simone Gondim
Foto de Simone Gondim O autor:

Jornalista, revisora e roteirista, apaixonada por tecnologia e especializada em conteúdo.

https://www.instagram.com