Porto de Abu Dhabi lança primeira solução doméstica em blockchain do ramo logístico

Maqta Gateway LLC, uma subsidiária do porto de Abu Dhabi, se tornou a primeira entidade do país a lançar sua própria solução baseada em blockchain, relatou o Construction Business ontem.

Leia mais: Ether avança 4%, mercado apresenta ligeira recuperação

Maqta Gateway desenvolveu e lançou a Silsal — uma tecnologia baseada em blockchain cujo objetivo é melhorar a eficiência na indústria logística.

Segundo o Construction Business News, a Silsal estará inicialmente disponível para os freight forwarders (pessoa física ou jurídica que providencia o transporte marítimo de carga de terceiros, mediante remuneração) e seus clientes, com o novo sistema sendo lançado para o restante da comunidade como uma ferramenta complementar do já existente mPCS (Sistema Comunitário do Porto Maqta.

Utilizando um blockchain interno, o porto de Abu Dhabi espera reduzir a papelada, facilitar as atualizações em tempo real das cargas e acelerar a troca de informações.

Leia mais: Empresa de jogos indie, Fig, adquire empresa desenvolvedora de blockchain do Reino Unido

A Silsal foi desenvolvida internamente pelo Laboratório de Inovações Digitais de Maqta, sendo desde então testado estrategicamente com alguns clientes do porto de Abu Dhabi, ainda segundo o Construction Business News. O CEO da Maqta Gateway, Noura Al Dhaheri, comentou:

“Blockchain é uma peça fundamental na digitalização das trocas.”

Além do blockchain, a Maqta Gateway criou seu próprio sistema de identificação digital, capaz de encriptar todos os tipos de documentos de transporte. Dhaheri afirma:

“Isso eliminará a necessidade de acesso através de senhas, que podem ser consideradas riscos à segurança.”

A indústria logística permanece altamente interessada em desenvolver soluções de blockchain, tendo o Fórum Econômico Mundial estimado que a tecnologia pode economizar 20% os custos totais do transporte físico no mundo todo, tendo o CEO da FedEx chamado a tecnologia descentralizada de “próxima fronteira” das cadeias logísticas globais.

Leia mais: Vitalik Buterin afirma que Ethereum eventualmente processará 1 milhão de transações por segundo

Fonte: The Cointelegraph