Precisamos aceitar a dura verdade sobre a Litecoin

Conhecida como a prata para o ouro do Bitcoin, a Litecoin perdeu muito de sua relevância nos últimos anos

A Litecoin é uma das criptomoedas mais confiáveis ​​do setor. O código é uma cópia idêntica do Bitcoin, então não há nenhum argumento sobre isso. Entretanto, confiança não significa necessariamente permanecer relevante. É um fato que nos últimos dois anos, outras altcoins ocuparam o espaço e estabeleceram sua participação como a melhor forma de investimento alternativo.

A Cardano subiu 10 vezes no gráfico. Chainlink e Polkadot estão trazendo mais funcionalidade e inovação para o espaço, e vários ativos DeFi ocuparam as manchetes.

Para a Litecoin, sua proficiência anterior teve peso nos últimos anos, mas é provável que a mesma narrativa continue avançando?

2018-2021: Litecoin em seu período de dois máximos

LTC / USDT em Tradingview

 

O ano de 2021 foi bom para a Litecoin, assim como foi para o resto das altcoins. Ela subiu 197% de uma só vez, ultrapassando seu recorde histórico. No entanto, a imagem não mudou nos últimos 3 anos. Bitcoin e Ethereum, respectivamente, violaram seus níveis de ATHs anteriores de 2017-2018 e continuaram a permanecer confortavelmente acima desse nível após a recente queda. Contudo, o valor presente da Litecoin é o mesmo de abril de 2018.

Uma das principais razões para isso é a maior concorrência de outros ativos. Chainlink, Cardano, Polkadot – seus projetos têm subido no mercado, trazendo uma espécie diferente de criptomoedas, com um objetivo definido no espaço. Com a LTC é a mesma velha história: uma alternativa ao Bitcoin, mais barata que o BTC e mais rápida em comparação.

Seu ecossistema simplesmente não indicou qualquer diferença ou crescimento substancial. E agora, do lado dos fundamentos, também há sinais de fraqueza.

‘On-Chain’ não é Rolling Smooth

Litecoin

Fonte: Intotheblock

 

Agora, se todos os endereços que contêm Litecoin forem considerados, a lucratividade desses endereços ainda está acima de 50%, mas as métricas da rede não são mais impressionantes do que isso.

Fonte: Intotheblock

 

Fonte: Intotheblock

 

Tanto o número de endereços ativos quanto o número de transações não aumentaram em termos de atividade até o breakout deste ano. É importante notar que criptomoedas como BTC e ETH também não percorreram a distância drástica entre 2018 e agora, mas foram capazes de manter os níveis mais elevados nos últimos dois anos.

A Litecoin está apenas estabelecendo altas semelhantes novamente, mas a recente queda a empurrou de volta para um engajamento medíocre mais uma vez. Há apenas interesse esporádico no ativo e, possivelmente, está sobrevivendo devido à sua etiqueta de moeda legada.

Dados de desenvolvimento do Github

Fonte: Github | Gráfico de agregação de dados: AMBCrypto

 

O índice de desenvolvimento do Github também foi desanimador. Os repositórios do Github indicam o número de projetos ativos para desenvolvimentos ou correções para um determinado projeto de blockchain. Conforme estabelecido, alguns dos principais ativos entre os 20 principais possuem uma boa quantidade de desenvolvedores participando ativamente das melhorias. Para a Litecoin, as estatísticas são um pouco constrangedoras.

‘Eu vou sobreviver…’

É sobre o que a Litecoin tem falado nos últimos anos. Sua semelhança com o Bitcoin e a adoção anterior continuam a trazer altos volumes de transações ao ativo. Agora, o júri está decidindo se a LTC pode sobreviver mais alguns anos no setor.

Fonte: AMBCrypto

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.