“Precisamos ser proativamente anti-racistas” – Comunidade cripto se posiciona contra o racismo

Fala acima é de Brad Garlinghouse e está ligada ao assassinato de George Floyd, que despertou uma onda de protestos contra o racismo nos Estados Unidos

Depois que a agitação social varreu os EUA, o CEO da Ripple, Brad Garlinghouse, se tornou o mais recente executivo de alto nível a se manifestar contra o assassinato de George Floyd.

Garlinghouse pede que seus 247.000 seguidores não fiquem calados sobre o assunto, dizendo que precisamos ser “proativamente anti-racistas”.

garlinghouse racismo

 

“Embora eu seja capaz de entender completamente a dor da nossa comunidade negra causada por eventos recentes e passados, eu sou solidário com todos os que estão lutando para salvar vidas negras.”

 

“Precisamos ser proativamente anti-racistas – atualmente e no futuro – e mudar completamente a maneira como vemos e apoiamos nossas comunidades de cor. Isso é sobre vida e morte.”

CEOs cripto mostram apoio à comunidade negra

Floyd, um afro-americano de 46 anos, morreu pouco depois que o policial Derek Chauvin o prendeu no chão, colocando o joelho entre o pescoço e a cabeça do homem.

Este caso flagrante de brutalidade policial provocou grandes protestos nos EUA (e além de suas fronteiras) – alguns deles se tornaram violentos.

Em seus comentários, Garlinghouse condenou o “racismo profundo” e lembrou outras vítimas recentes, como Ahmaud Arbery e Breonna Taylor.

Embora Garlinghouse admita que não consegue “entender completamente” a dor da comunidade negra, ele diz que é solidário com aqueles que estão lutando pela vida de seus membros.

Antes disso, Mike Novogratz, CEO do banco Galaxy Digital, também compartilhou uma mensagem sincera para “todos os seus amigos negros”, para mostrar seu apoio a eles.

“Para todos os meus amigos negros, eu quero que vocês saibam que, embora eu não possa entender sua angústia, sua dor, sua raiva, eu permaneço com vocês. Eu vejo vocês. Eu amo vocês.”

“Bitcoin nos salvará”

Conforme relatado pela U.Hoje, o especialista em criptomoedas Max Keiser disse que o Bitcoin é a melhor maneira de os americanos “monetizarem” sua raiva.

Changpeng Zhao, CEO da exchange Binance, opinou que o Bitcoin era a forma de “protesto pacífico”.

Enquanto isso, um cartaz do “Bitcoin Will Save Us” foi visto durante o protesto da noite passada, o que ressalta o poder da criptomoeda descentralizada e sem permissão.

Fonte: U.Totay

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.