Prefeito de Miami relata que o Bitcoin pode ser uma criptomoeda global

Prefeito

O Prefeito de Miami, Francis Suarez, desempenhou um “papel de evangelista”, onde ensinou as pessoas sobre Bitcoin

O Prefeito de Miami, Francis Suares, concedeu uma entrevista a Cointelegraph, onde explicou que no recente Fórum Econômico Mundial realizado em Davos, Suíça, para discutir tópicos como o papel que o prefeito desempenhou no WEF, Bitcoin sendo uma moeda global e o que o prefeito faz com seu BTC.

De acordo com Suarez, seu papel no WEF é diferente do que ele fez no evento Bitcoin Miami. Em Davos, o prefeito observou que ele desempenhou um “papel de evangelista”, ensinando as pessoas sobre Bitcoin. Ele explicou que está tentando fazer com que as pessoas entendam que essa tecnologia vai impactar “a vida de muitos”.

Além disso, Suarez também discutiu o potencial do Bitcoin como moeda global. O prefeito destacou que o Bitcoin apresenta várias oportunidades para democratizar e até “interromper regimes socialistas”. Além disso, ele disse que o Bitcoin “cria confiança, que é o que os sistemas monetários devem se basear”.

Suarez, que recebeu alguns de seus contracheques em Bitcoin, disse que ele mantém principalmente seu Bitcoin. Ele ressaltou que acredita na tecnologia por trás da criptomoeda e acha que um dia poderá dá-la aos filhos.

O prefeito de Miami também expressou concordância com os sentimentos do CEO da Mastercard, Michael Miebach, de que a SWIFT pode deixar de existir em cinco anos. Suarez observou que empresas como a Mastercard que se inclinam para a criptomoeda são muito importantes para o setor. O prefeito acredita que a Mastercard tem uma infraestrutura que pode ajudar o mundo das criptomoedas em termos de poder de processamento.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_