Presidente da República Jair Bolsonaro menciona Bitcoin em seu perfil no Twitter

Bolsonaro cita o Bitcoin diretamente pela primeira vez

Desde que assumiu a presidência no início do ano, os entusiastas esperavam que Jair Bolsonaro fizesse algum pronunciamento ou comentário sobre as criptomoedas.

Logo no dia 7 de janeiro o presidente citou o setor em seu perfil no Twitter, noticiando que Damares Alves, Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, decidiu vetar um projeto para a criação de uma criptomoeda indígena.

Aparentemente o governo decidiu barrar a iniciativa por considerá-la “vultosa”, visto que o projeto era resultado de uma parceria de RS$44,9 milhões entre a Universidade Federal Fluminense e a FUNAI, e o contrato foi assinado apenas 3 dias antes do encerramento do governo Temer.

Agora, alguns meses depois, Bolsonaro voltou a citar o ocorrido. Entretanto, dessa vez o presidente cometeu um equívoco, afirmando que a verba do projeto seria destinada à compra de Bitcoin.

WeBitcoin: Presidente da República Jair Bolsonaro menciona o Bitcoin em seu perfil no Twitter

O erro pode ter sido causado por certa falta de conhecimento sobre o setor, resultando na generalização deste mercado.

Nos comentários, poucos seguidores de Bolsonaro mencionaram a moeda diretamente, e quase todos que citaram afirmaram não saber ou entender o que era.

“Eu não entendo nada de bitcoins, mas pra que indios querem bitcoins?”, dizia um comentário.

Em resposta, um internauta disse que o governo anterior afirmava que os índios não tinham acesso à moeda corrente, então optaram pela criptomoeda.

“Mas esqueceu de explicar como índio vai mexer nas Bitcoins se eles nem celulares tem.”, concluiu.

Ademais, vários comentários glorificaram o presidente e alguns citaram o uso de RS$7 milhões na compra de HD.

“Esses HDs são feitos com o cubo cósmico dos Avangers?”, perguntou uma internauta, traçando um paralelo com o famoso universo da Marvel.

A família Bolsonaro e as criptomoedas

Além dos comentários sobre a criptomoeda indígena e erroneamente sobre o Bitcoin, Jair Bolsonaro não mencionou o setor em público, e por sua recente publicação, percebemos que o presidente não está muito familiarizado com o setor.

Seu filho, por outro lado, é simpatizante declarado das criptomoedas.

“É uma tendência mundial e os próprios bancos já estão começando a negociar os Bitcoins”, disse Eduardo Bolsonaro.

A simpatia de um parente tão próximo por este mercado deu esperança aos investidores de que o assunto fosse discutido com o atual presidente. Devido ao recente equívoco, no entanto, os entusiastas podem concluir que o assunto provavelmente não foi posto em pauta, ainda.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli