Quantos Bitcoins você deve ter para permanecer milionário?

A baixa no preço do Bitcoin cria oportunidade de comprar mais BTC, mas quanto? 

Quando o AngeloBTC, o ex-trader de BitMEX, twittou que o Bitcoin entraria na zona de US$ 6.000 em 15 de outubro, a maioria dos traders estava cético e pediu que excluísse o tweet, devido à descrença de que a criptomoeda não iria mergulhar tão fundo. 38 dias depois, o BTC caiu para US$7.000 e alguns dias depois atingiu o mínimo de US$ 6.515 no Bitstamp. 

Este foi um momento oportuno para acumular mais BTC. Me chama de oportunista por querer que o Bitcoin caia, mas essa foi uma ocasião rara.

Porquê?

Considerando o modelo do Bitcoin como uma loja digital de valor é assustadoramente semelhante ao do ouro, há chances de que a criptomoeda alcance uma ampla adoração, talvez até desafie o ouro. Se esse for o caso, o valor de mercado do ativo atingirá trilhões em um futuro próximo, isso facilmente colocaria o preço do Bitcoin em centenas de milhares.

Bitcoin nas centenas de milhares

Dê uma olhada no Crypto-Twitter: no momento em que o Bitcoin atinge um nível baixo, nossos feeds são bombardeados com tweets do “período de compra perfeito”. Então, porque tantos estão ansiosos para ver o preço cada vez menor?

A resposta é simples, ficar rico rapidamente. Quando a internet começou a ganhar mais popularidade, havia muitos céticos que mantinham suas armas, no entanto, os que assumiram os riscos que viram uma oportunidade, lucraram com isso. 

O Bitcoin é talvez uma outra oportunidade, bastante semelhante à Internet, que trará lucros inimagináveis à medida que cresce. 

A resposta mais complexa seria, porque a criptomoeda é uma reserva de valor e uma fuga dos olhares indiscretos do governo e do sistema de pagamento, um porto seguro… essa lista pode continuar. 

A pergunta mais pertinente que os Millennials se fazem é: “Quantos Bitcoins tenho que possuir?”

Para essa pergunta, a resposta seria depende do que se deseja alcançar. Se o objetivo final é fazer parte de um dos clubes de BTC, existem demarcações específicas que tornam bastante simples a estimativa de seu progresso. 

O Clube de Bitcoin

O “21 Million Club” é uma designação do Reddit para quem possui 1 BTC ou mais, o nome deriva do fato de que só haverá 21 milhões de Bitcoins. Esse clube é relativamente fácil de entrar. 

Um grupo de elite para entrar é o “1 Million Club”, que exige que a pessoa tenha 21 Bitcoins, o nome desse clube se deve ao fato de que haverá apenas 1 milhão de pessoas para possuir o 21 BTC. 

Os critérios para ingressar nesses clubes são bem definidos e diretos: possuir um BTC inteiro ou 21 BTC e o objetivo é alcançado. No entanto, é uma história totalmente diferente se alguém planejar ser mais eficiente e planejar manter sua riqueza em Bitcoin enquanto é relativo à riqueza global. 

Por que alguém planejaria fazer isso de qualquer maneira?

O principal motivo é ser independente financeiramente. Com a dívida global atingindo US$250 trilhões e a dívida americana atingindo US$22 trilhões, é importante planejar com antecedência e esperar o melhor, mas preparar-se para o pior, esse tem sido o lema da maioria dos comerciantes. 

Independência financeira

Até o momento da postagem deste artigo, o total de BTCs em circulação era de 18 milhões, deixando apenas 3 milhões de Bitcoins para serem minerados. Um total de 1,5 milhão em criptomoedas são inacessíveis, incluindo os 980.000 BTCs de Satoshi. Como o valor de mercado do Bitcoin é limitado em 21 milhões, a escassez da criptomoeda aumenta à medida que mais BTCs são minerados. 

Além disso, o número de Bitcoins que não se movem há mais de 5 anos, também atingiu um ATH. Em 19 de Julho, o número de moedas não movimentadas eram de 3.847.859 BTC. 

Presume-se que essas moedas sejam perdidas, aumentando ainda mais os valores dos BTCs disponíveis, semelhante ao ouro, a criptomoeda é escassa, um dos fatores determinantes para o preço de cada um desses ativos aumentarem. 

Kyle Kemper, o fundador da Swiss Key, desenvolveu uma fórmula que cospe a quantidade de BTC, que você deve possuir em relação ao crescimento da criptomoeda ao longo dos anos e a riqueza global. 

De acordo com a fórmula de Kemper, para garantir a riqueza de um milhão de dólares, seria necessário possuir um total de 0,6624605 BTC.

Onde, riqueza é a quantidade que se deseja segurar. 

A riqueza global é toda a riqueza do mundo. 

B-WIT é o algo do seguro de riqueza e Bitcoin. 

Para o número acima, Kemper assume o seguinte: 1. Fornecimento total de Bitcoin = 21 milhões.  

      1. A riqueza global e portanto, a penetração absoluta do Bitcoin = US$ 317 trilhões. 

B-WIT = (1 milhão / 317t trilhões) x 21 milhões 

B-WIT = 0,06624605 BTC

“Portanto, de acordo com esta fórmula, para garantir um patrimônio de 1 milhão de dólares no mundo, você deve comprar 0,06624605 BTC. Isso garantirá que sua quantia no Bitcoin será a mesma em relação à sua quantia de riqueza global.” 

“0,0622 BTC é a parte equivalente do Bitcoin em comparação com a parte da riqueza no mundo”, afirmou Kemper.

A Loja Vintage de Valor – Ouro

A fórmula acima, mostra uma riqueza global de US$ 317 trilhões, assumindo que a entrada do Bitcoin seja de 100%. No entanto, esse é um caso absoluto e as chances disto acontecer são relativamente menores. 

Vamos supor que a criptomoeda atinja o nível que o ouro está atualmente (US$ 7,3 trilhões), o que é mais plausível. Com essa premissa, o valor do Bitcoin para garantir riqueza de US$ 1 milhão chegaria a 2.8767123 BTC.

B-WIT = (1 milhão / 7,3 trilhões) x 21 milhões

B-WIT = 2,8767123 BTC

Kemper elaborou ainda mais o acúmulo de Bitcoins ao adicionar que, “O BTC deve ser incluído em todo portfólio equilibrado. Um dos grandes benefícios do BTC é que ele é líquido para quando for resgatar. As pessoas podem perceber um mundo totalmente novo de liberdade financeira, entendendo e usando o Bitcoin e as outras criptomoedas”. 

O Futuro dos pagamentos ou uma mercadoria sensacionalista?

As propriedades do Bitcoin tornam o investimento ideal para diversificar seu portfólio. No entanto, falando sobre isso de uma perspectiva econômica, Kyle Kemper disse: 

“Você não precisa de permissão para usar criptomoeda, é acessível a todos e você não sacrifica a privacidade pessoal, como fazem os bancos tradicionais, a oferta é programada, a demanda é variável e a utilidade da tecnologia aumenta constantemente. Essa é uma receita para um ativo em valorização.” 

O  crescimento do Bitcoin para uma comunidade de nicho é evidente nos últimos dois anos. Desde a alta em 2017, ganhou bastante adoção e agora se tornou um ativo valioso, originalmente destinado a ser uma alternativa ao decreto e a uma quebra de terceiros ‘confiáveis’. 

O Bitcoin se tornou uma mercadoria, mas será que permanecerá como uma mercadoria ou alcançará seu objetivo, conforme descrito por Satoshi Nakamoto no whitepaper? Isso ainda precisa ser visto. 

*Imagem de QuinceMedia por Pixabay.

Fonte: AMBCrypto

Foto de Mirian Romão
Foto de Mirian Romão O autor:

Graduada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e Pós-Graduada em Comunicação em Redes Sociais.

mirian_romao