Rain Forest Foundation pede ajuda da comunidade cripto para salvar a Amazônia

Rain Forest Foundation está aceitando doações em bitcoin, ethereum, litecoin e bitcoin cash

Uma organização sem fins lucrativos está abraçando a comunidade de cripto para combater os incêndios florestais no Brasil. A Rain Forest Foundation, fundada em 1987, anunciou hoje uma campanha para combater os incêndios florestais brasileiros com a ajuda da comunidade de cripto. Embora a Fundação aceite criptomoedas há anos – e até mesmo desenvolva a sua própria, BitSeed, em 2014 – os incêndios brasileiros deram à A RainForest Foundation um novo impulso para abraçar a comunidade.

O desmatamento aumentou 278% em relação a julho do ano passado, com o número de incêndios dobrando entre janeiro e agosto de 2018 para 2019, de acordo com a Rain Forest Foundation. A Fundação está buscando até U$ 100 milhões para combater os incêndios. Contudo, a organização não estabeleceu uma meta de financiamento específica.

A diretora executiva Suzanne Pelletier disse que a filantropia da velha escola não está fazendo o corte, necessitando de novos métodos de doação e atividade comunitária. A capacidade da comunidade cripto de pensar fora da caixa estimulou a nova campanha.

“A comunidade cripto está cheia de pessoas que estão pensando de forma diferente e tentando mudar as regras do jogo. É muito lento e burocrático conseguir ampliação do apoio para as fundações. Será tarde demais. Não temos tempo suficiente “, disse Pelletier.

A partir de agora a A RainForest Foundation aceita doações em bitcoin, ethereum, litecoin e bitcoin cash. A organização também está trabalhando com a empresa de doação de bitcoins “The Giving Block” no projeto. A Fundação está procurando comunidades voltadas às criptomoedas para patrocinar projetos da Fundação e aumentar a conscientização, além de doar cripto ativos.

Trabalhar com a comunidade cripto não se resume apenas aos fundos, mas à tecnologia, disse Pelletier. Os sistemas de contratos inteligentes, atualmente em desenvolvimento com a Regen Network, são uma das maneiras pelas quais a Fundação está acompanhando o trabalho físico em terra. Pelletier disse que os pagamentos ponto a ponto são outra inovação que a A RainForest Foundationestá buscando para superar as soluções bancárias tradicionais.

*Imagem por: Eraldo Peres, AP IMAGES

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.