Ran NeuNer: Se o Bitcoin era uma bolha no ano passado, eu nunca vi uma bolha estourar duas vezes

Apresentador da CNBC realiza provável alfinetada a Nouriel Roubini

Desde de que foi criado, o Bitcoin é apontado como uma bolha por muitos. Ao longo dos anos, em cada baixa registrada surgiam notícias dizendo que “a bolha estourou”, mas no entanto o ativo segue até hoje no mercado.

Falando sobre o tópico em seu perfil no Twitter, Ran NeuNer, apresentador do Crypto Trader da CNBC África e CEO e fundador da Onchain Capital, alegou que nunca viu “uma bolha estourar duas vezes”.

WeBitcoin: Ran NeuNer: Se o Bitcoin era uma bolha no ano passado, eu nunca vi uma bolha estourar duas vezes

Eu não consigo respeitar nenhuma publicação que ainda chama o Bitcoin de bolha. Mesmo que fosse uma bolha no ano passado, eu nunca vi uma bolha estourar duas vezes.

A publicação gerou muita comoção, com comentários tanto apoiando quanto criticando o posicionamento do apresentador. Um internauta chegou a afirmar que 99% das altcoins realmente são bolhas, e que o Bitcoin deveria “drená-las” na próxima tendência de alta.

WeBitcoin: Ran NeuNer: Se o Bitcoin era uma bolha no ano passado, eu nunca vi uma bolha estourar duas vezes

O comentário de NeuNer é uma clara alfinetada a muitos economistas, principalmente Nouriel Roubini, também conhecido como Dr Doom.

Durante uma entrevista concedida ao Instituto CFA em março, Roubini afirmou que o Bitcoin “é a mãe de todas as bolhas”, e que a queda registrada após o pico histórico em 2017 foi o início de seu “estouro”.

Na época da entrevista o Bitcoin apresentava certa estabilidade em torno de US$3900, e muitos estavam incertos se a moeda alcançaria US$4000 em um futuro breve.

No momento da escrita, o valor do Bitcoin é de US$5154 de acordo com o CoinMarketCap. A moeda sofreu uma impulsão na madrugada do dia 2 de abril, saindo de US$4191 para US$5003 em menos de 24h. Até agora não se sabe ao certo o real motivo para o salto, mas o que não faltam são especulações.

Para Thomas Lee, CEO da Fundstrat, foi graças à volta das antigas baleias, que aparentemente estão comprando Bitcoin novamente.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli