Regulador de valores mobiliários da Austrália emite novas diretrizes positivas sobre Bitcoin e Ethereum ETPs

O regulador de valores mobiliários da Austrália acaba de lançar um novo conjunto de orientações, e as coisas parecem promissoras para os produtos negociados em bolsa (ETPs) do BTC e ETH.

A Australian Securities and Investments Commission (ASIC) deu passos lentos, mas cautelosos, em relação a um produto negociado em bolsa (ETPs), rastreando o desempenho do bitcoin ou de outra criptomoeda.

No desenvolvimento mais recente, a organização publicou orientações detalhando os requisitos regulamentares para fundos que esperam para oferecer cripto ETPs, incluindo fundos negociados em bolsa (ETFs) e produtos estruturados. A orientação visa garantir não apenas a proteção do investidor, mas também aumentar a transparência.

ASIC’s suporta fundos apoiados por Bitcoin e Ether.

O documento publicado afirma que, qualquer criptomoeda deve atender a cinco critérios, para se qualificar como um ativo permissível para apoiar um ETP ou outro produto estruturado. Esses incluem:

Alto nível de apoio institucional e aceitação e, sendo usado para fins de investimento;
Disponibilidade de provedores de serviços, como custodiantes, administradores de fundos, criadores de mercado e provedores de índice que são respeitáveis ​​e experientes, bem como preparados para apoiar ETPs que investem ou oferecem exposição ao criptoativo;
Disponibilidade de mercado spot maduro;
Presença de mercado regulamentado de futuros, para fins de negociação de derivativos vinculados aos criptoativos;
Os mecanismos de preço devem ser robustos e transparentes para o ativo ao longo do dia de negociação e atingir um preço NAV.

ASIC afirma que esses fatores são implantados com a intenção de apoiar um “mercado justo, ordenado e transparente“, garantindo que apenas os ativos digitais que atendem a esses critérios possam ser suportados dentro da estrutura ETP. Dessa forma, a entidade reguladora espera diminuir as chances de preocupações com a manipulação de preços.

Além disso, a ASIC confirmou que as duas maiores criptomoedas – Bitcoin e Ethereum – se qualificam com base nos fatores mencionados acima.

Embora tenha dado luz verde para estabelecer fundos apoiados por criptomoedas, dedicados a investidores de varejo, os produtos vinculados ao BTC e ETH são os únicos que serão elegíveis para aprovação até agora. Mas a ASIC espera a inclusão de outros ativos para ETPs no futuro.

Clima regulatório da Austrália.

A crescente demanda por novos veículos de investimento para Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH) já existia há muito tempo, antes mesmo de Wall Street decidir abrir suas portas para o setor. O lançamento dos ETFs Bitcoin Futures da semana passada, no entanto, reacendeu o antigo debate sobre a segurança de produtos de investimento baseados em criptomoedas. Mas isso não impediu que as empresas apresentassem propostas do mesmo.

Como resultado, vários países estão lutando com a viabilidade de aprovar tais produtos de investimento, apoiados por ativos digitais voláteis e não regulamentados. A Austrália se encontrou em uma situação semelhante.

A notícia chega apenas uma semana depois que o Comitê do Senado australiano recomendou uma estrutura regulatória mais clara, robusta e amigável para o crescente ecossistema de criptomoedas no país.

 

Fonte: CryptoPotato

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8