Reguladores russos querem minerar criptomoeda por meio de gás queimado e desperdiçado

A indústria de petróleo e gás na Rússia está pressionando as autoridades para permitir a mineração de criptomoeda com chamas de gases naturais.

A mineração de ativos digitais na Rússia pode dar um novo rumo em um futuro próximo, já que os reguladores do país europeu estão considerando o uso de gases naturais residuais para fins de mineração, isso foi revelado por um relatório de uma empresa de mídia local, Kommersant .

Queimadores de gás para mineração de criptomoeda

De acordo com o relatório do Kommersant, ele revelou que estava a par de uma carta de 7 de setembro entre os reguladores, onde o Banco Central russo junto com outras agências governamentais como o Ministério da Indústria e Comércio e o Ministério do Desenvolvimento Digital estavam em negociações para saber se os produtores de petróleo e a indústria de gás poderiam usar gás natural desperdiçado para alimentar data centers que possuem mineração de criptomoeda.

Embora nenhuma aprovação tenha sido concedida, pois a indústria de mineração de criptomoeda na Rússia não é regulamentada. No entanto, o uso de gás natural para alimentar a mineração de  criptomoeda faria uso de um gás que não é lucrativo de extrair, especialmente porque é sempre queimado durante as perfurações de petróleo.

Notavelmente, essas chamas são fonte de energia verde renomada devido à falta de uso produtivo de energia.

Rússia enfrenta pressão da indústria de petróleo e gás

As autoridades russas podem estar sob pressão para reconsiderar sua abordagem indiferente à indústria de criptomoeda em geral, já que muitos dos mineradores de criptomoeda que deixaram a China se mudaram principalmente para o país, Cazaquistão e Estados Unidos, colocando-os entre os produtores com maior taxa de hash de Bitcoin no mundo.

Além disso, a pressão de participantes da indústria do petróleo também pode forçar o governo. O relatório afirmou que a ideia de usar o gás queimado para mineração de criptomoeda veio de participantes do mercado e que “uma das maiores empresas de petróleo russas gostaria de expandir seu projeto de mineração de criptomoeda”.

Alexander Zhuravlev, presidente da Comissão de Apoio Legal da Economia Digital, da Filial de Moscou, da Ordem dos Advogados da Rússia, destacou que os petroleiros russos poderiam capitalizar as chamas para “criar centros de dados ou fornecer sua capacidade excedente como host de mineração para investidores da China, onde a mineração foi legalmente proibida”.

Fonte: CryptoSlate

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_