Reino Unido pretende se tornar hub global das criptomoedas

Reino Unido

O primeiro passo do Reino Unido, será regulamentar as stablecoins como meio de pagamento legitimo

O governo do Reino Unido anunciou hoje (04), uma série de iniciativas em direção ao objetivo de tornar o país um centro global de tecnologia e investimentos em criptomoedas.

Conforme disse o chanceler do Tesouro, Rishi Sunak, em um comunicado à imprensa:

As medidas que delineamos hoje ajudarão a garantir que as empresas possam investir, inovar e crescer neste país.

Um dos primeiros passos será trazer stablecoins para o sistema de pagamentos do Reino Unido, de acordo com a declaração de Sunak e com comentários feitos pelo Ministro do Tesouro John Glen na Cúpula de Finanças Globais.

De acordo com John Glen:

Isso permitirá que os consumidores usem os serviços de pagamento de stablecoin com confiança. O governo introduzirá essa legislação como parte de uma ambição de fornecer um regime regulatório líder mundial para stablecoins.

Em 2019, a Autoridade de Conduta Financeira (FCA), o regulador financeiro do Reino Unido, publicou um relatório sobre criptomoedas que dizia que as empresas de criptomoedas com ativos digitais para pagamentos internacionais poderiam estar sujeitas a regulamentos de serviços de pagamentos, mas que os próprios tokens não seriam regulamentado.

Mas nem tudo é de graça: Taxas fiscais

Enquanto isso, o Tesouro procura se envolver de perto com o público nas mudanças que deseja fazer no sistema tributário. “Não achamos que o código tributário precisará de grande mudança para fazê-lo funcionar mais facilmente para as criptomoedas”, disse Glen.

Acrescentou Glen:

O Reino Unido também está desempenhando um papel de liderança nas negociações sobre a nova estrutura de relatórios fiscais para aumentar a transparência fiscal e a confiança do consumidor, ao mesmo tempo em que permite condições equitativas nos relatórios fiscais globalmente.

Além disso, o Tesouro do Reino Unido terá como objetivo resolver questões específicas, como o tratamento de empréstimos financeiros descentralizados e staking. Além disso, alterará a isenção do gestor de investimentos para remover quaisquer estipulações que desencorajem os gestores de fundos do Reino Unido de incluir ativos digitais em seus portfólios.

As organizações autônomas descentralizadas (DAO) não escaparam do escrutínio dos reguladores do Reino Unido. O Tesouro pediu à Comissão de Direito, um órgão independente encarregado de garantir que as leis na Inglaterra e no País de Gales sejam justas, para considerar o status legal dos DAOs. Um DAO é uma organização ou empresa baseada em Blockchain que geralmente é governada por um token, cripto ativo nativo, com qualquer pessoa que possua os tokens podendo votar em decisões importantes da empresa.

Regime cripto

O governo formará um grupo da indústria chamado “Grupo de Engajamento de Ativos de Cripto” para ajudar a orientar os próximos passos na regulamentação. O presidente desse grupo estará no nível ministerial, e o grupo incluirá representantes seniores da FCA, Banco da Inglaterra e empresas, disse Glen. Ele se reunirá até oito vezes por ano.

Também há planos para legislação que estabeleça uma infraestrutura de mercado financeiro, ou “sandbox”, que permitirá que as empresas testem e ativem a tecnologia de contabilidade distribuída.

Enquanto isso, a FCA realizará um “CryptoSprint” de dois dias em maio, onde buscará opiniões da indústria sobre questões relacionadas ao desenvolvimento de regulamentações de criptomoedas.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno.Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_