Relatório aponta que o número de carteiras ativas de Bitcoin caiu para a baixa de julho de 2020

Esse é o menor número de carteiras ativas de Bitcoin em quase 12 meses

O IntoTheBlock tweetou que o número de carteiras de BTC ativas despencou em junho, caindo mais de 25%. Na semana passada, houve 787.000 carteiras ativas na rede do Bitcoin.

No início desta primavera, houve um pico de duas vezes mais carteiras usadas ativamente na rede.

8285_0

Imagem via Twitter

 

A agência Santiment acrescenta que a última vez que as carteiras de Bitcoin ativas estiveram tão baixas foi em 13 de julho do ano passado.

“O que falta ver é um aumento na atividade de endereços. Na escala de 30 dias da escala de endereços ativos diários, 13 de julho de 2020 foi a última vez em que a rede $ BTC esteve tão baixa.”

Nesse ínterim, o preço do Bitcoin se recuperou de sua queda abaixo do nível de $ 34.000 e, no momento em que este artigo foi escrito, o BTC está mudando de mãos a $ 34.989, de acordo com o CoinMarketCap.

Americanos ainda estão focados em ouro

Mais americanos estão dispostos a investir em ouro em comparação com o Bitcoin nos próximos dez anos (13% e 9%, respectivamente), de acordo com uma pesquisa recente conduzida pela Bankrate, empresa de serviços financeiros ao consumidor sediada em Nova York.

Ações, dinheiro, certificados de depósito (CD) também são mais populares do que a criptomoeda entre os investidores dos EUA.

O mercado imobiliário está no topo da lista, com 28% dos entrevistados dizendo que estão dispostos a investir nisso.

161

Imagem de bankrate.com

 

A maioria dos participantes da pesquisa (61 por cento) não se sente “muito confortável” ou “nada confortável” com o Bitcoin.

Não é novidade que a maioria dos millennials, com idades entre 25 e 37 anos, tem uma atitude oposta em relação à criptomoedas. Enquanto isso, os baby boomers são esmagadoramente pessimistas: apenas 16% deles aceitam cripto.

Fonte: U.Today

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.