Responsáveis pelo ataque 51% do Ethereum Classic devolvem US$100.000 à exchange

O ataque pode ter sido realizado por um white hacker

De acordo com o blog oficial da Gate.io, os responsáveis pelo ataque 51% do Ethereum Classic devolveram US$100.000 para a exchange na última semana.

Após a devolução, a empresa supostamente tentou entrar em contato com o invasor, porém sem sucesso. Até agora não se sabe o motivo do recebimento.

“Se o invasor não estivesse em busca de lucro, ele poderia ser somente um white hacker que desejava lembrar as pessoas sobre os riscos do consenso blockchain e da segurança do poder de hashing”

O chamado white hacker é um invasor com grande ética profissional que não visa ganhos pessoais (“um especialista em segurança aliado ou amigável”).

Analisando o ataque, a Gate.io descobriu que 54.200 ETC (um valor próximo de US$270.000 na época) foi transferido. Em 8 de janeiro, a Coinbase declarou que a quantia total desviada passava de US$1,1 milhão em criptomoedas.

Segundo a Gate.io, atualmente o hashrate da rede Ethereum Classic é baixo, tornando possível alugar energia de computação suficiente para outro ataque 51%.

Para evitar outras situações como esta, o número de confirmações necessárias para depósitos do ativo aumentou para 4,000 na plataforma.

FONTE: COINTELEGRAPH

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli