Ripple envia carta aberta ao governo dos EUA pedindo regulamentação justa para as criptomoedas

A Ripple (XRP) enviou recentemente uma carta aberta ao governo dos EUA antes de uma audiência agendada sobre os marcos regulatórios que acontecerão amanhã

A rede de pagamentos em blockchain, Ripple, assinou recentemente uma carta aberta aos reguladores dos Estados Unidos. A carta foi enviada em 28 de julho, antes das audiências sobre criptomoedas agendadas para amanhã.

À luz do sentimento misto demonstrado pelo Congresso dos Estados Unidos em relação à Libra do Facebook e à indústria cripto em geral, o CEO da Ripple, Brad Garlinghouse, apelou ao Senado para ser mais tolerante em sua abordagem futura.

A carta de Garlinghouse, que abrange outras preocupações, começa com:

“Muitos na indústria de blockchain e criptomoedas são atores responsáveis. Somos responsáveis ​​pelas leis dos EUA e internacionais. Somos responsáveis ​​por servir ao bem maior”.

A Ripple é a empresa por trás da altcoin de mesmo nome, XRP, que é o token nativo do blockchain na rede de pagamento da empresa.

Vale lembrar que a Ripple atraiu o interesse de vários bancos tradicionais em todo o mundo, muitos dos quais estão interessados ​​em reduzir as dispendiosas transações internacionais.

Notavelmente, a empresa de pagamentos tem estado no epicentro de muita controvérsia nos últimos tempos. A comunidade cripto frequentemente questiona o token XRP da Ripple, envolvido em muitas disputas em torno de sua descentralização.

A carta aberta da Ripple

Em sua carta, Garlinghouse parece citar este tom, elogiando os bancos centrais, governos do mundo e as políticas monetárias. Embora isso esteja em oposição direta à ideia daquilo que o Bitcoin (BTC) fora projetado para combater em primeiro lugar.

Além disso, ele também mencionou a confiança como um aspecto central de um ativo digital que conquistou aceitação geral. O Bitcoin conseguiu isso devido à necessidade de uma autoridade de confiança central. Garlinghouse continua:

“Não damos por certo o papel vital dos bancos centrais na emissão de moedas e na definição da política monetária em conjunto com a complexa dinâmica das economias em todo o mundo. Durante séculos, os governos se adaptaram bem ao trabalho porque a confiança em qualquer moeda é primordial. ”

Por fim, Garlinghouse afirmou que a nação está atualmente no centro das atenções globais à luz de sua resposta à crescente indústria de criptomoedas.

“Pedimos a você que apoie a regulamentação que não prejudique as empresas norte-americanas que usam essas tecnologias para inovar de forma responsável, e classifique as moedas digitais de uma forma que reconheça suas diferenças fundamentais – não pintando-as como um todo”.

Os legisladores dos EUA voltarão a se reunir esta semana para debater as políticas de criptomoedas e blockchain. A audiência que é apelidada “Examining Regulatory Frameworks for Digital Currencies and Blockchain” (Examinando Quadros Regulamentares para Moedas Digitais e Blockchain, em tradução livre) – está agendada para amanhã, 30 de julho.

Fonte: The South African

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.