Sadaqa Coins: página da Dark Web possibilita o financiamento de terroristas com Bitcoin

Financiamento coletivo para compra de armas utilizando Bitcoin ou Monero

Com uma proposta um pouco diferente dos financiamentos coletivos convencionais, uma página da Dark Web possibilita que o navegador realize transações de Bitcoin ou Monero para contribuir com jihadistas.

O site SadaqaCoins pode ser acessado somente pelo navegador Tor. Os fundos adquiridos ajudam no pagamento de picapes 4×4, silenciadores, rifles, e até mesmo o treinamento em combate para aspirantes. Cada finalidade possui uma wallet distinta.

O site está ativo à menos de um mês, e aparentemente nenhum doação foi realizada até o momento.

A página cita várias maneiras de ajudar a causa: mineração ou compra de criptoativos para doação, publicidade, e até mesmo hackear criptomoedas de não-muçulmanos, de acordo com o conceito de Ghanima (propriedade de descrentes apreendida por muçulmanos por meio da dominação).

O site foi “descoberto” pelo analista Benjamin Strick no final de agosto.

Um dos projetos do site utilizará o dinheiro arrecadado para resgatar cinco mulheres presas na Síria. O slogan da missão possui o título “As irmãs esquecidas”.

Em síntese, não há provas concretas que posicionem a atividade militar no Oriente Médio. Entretanto, o resgate citado acima e as atividades do twitter @sadaqacoins sugerem que o projeto mantém sua base na Síria.

A conta do twitter segue tanto jornalistas investigativos quanto especialistas em terrorismo.

Há a possibilidade da página ser uma fraude muito bem elaborada. Por outro lado, não há indicativos que o site seja algo além do que aparenta.

Leia mais: Cidade Canadense pagará quantia em Bitcoin para hackers restaurarem o sistema computacional

FONTE: CCN