SEC não aprovará fundo de Bitcoin alavancado

O regulador sinalizou que permitirá apenas fundos não alavancados vinculados à criptomoeda, pelo menos por enquanto.

A Comissão de Valores Imobiliários dos Estados Unidos (SEC), instruiu pelo menos um gestor de ativos a arquivar planos para um ETF Futuros de Bitcoin alavancado, revelou o Wall Street Journal em um relatório recente.

O regulador sinalizou que quer limitar os novos produtos de investimento relacionados ao Bitcoin, àqueles que fornecem exposição não alavancada aos contratos futuros do Bitcoin, como o ProShares Bitcoin Strategy ETF, acrescentou o relatório, citando uma pessoa (familiarizada com o assunto).

Valkyrie Investments para arquivar o produto alavancado

Depois de lançar seu próprio ETF Futuro de Bitcoin na última sexta-feira, Valkyrie Investments entrou com um pedido de um ETF de Bitcoin alavancado, que buscava amplificar os retornos diários de uma carteira de derivativos de Bitcoin, incluindo contratos futuros e opções, usando 1,25 vezes a alavancagem ou dinheiro emprestado.

De acordo com a fonte anônima do Wall Street Journal, o gestor de ativos foi instruído pela SEC a retirar sua proposta.

A SEC tem 75 dias para responder às propostas de ETF antes que elas entrem automaticamente em vigor, embora a agência possa solicitar aos gestores de fundos que retirem seus registros como cortesia.

Os emissores ficam então com a escolha, se desejam retirar sua proposta.

Na quinta-feira, o arquivamento ainda estava em vigor.

Que tal um ETF Bitcoin inverso?

Poucas horas depois que a Valkyrie Investments entrou com um pedido de ETF de Bitcoin alavancado, outro emissor, a Direxion, apresentou planos para um ETF de Bitcoin inverso.

Direxion Bitcoin Strategy Bear ETF permitiria aos investidores apostar contra os contratos futuros de Bitcoin da ProShares ETF.

INVERSE BITCOIN ETF: A Direxion acabou de entrar com um pedido de ETF Bitcoin Futures -1x, que buscará ser Futuro de Bitcoin a descoberto no primeiro mês, basicamente o $XIV do $BITO… Isso ocorre poucas horas depois que o primeiro ETF de Bitcoin alavancado foi arquivado.

De acordo com Eric Balchunas, analista sênior de ETFs da Bloomberg, a SEC deve pisar no freio também em ETFs Bitcoin inversos.

Parece que a SEC não está com os ETFs Futuros de Bitcoin alavancados (e provavelmente inversos). Não custa nada tentar. Se eles tivessem passado por prováveis veículos de negociação de bilhões de dólares em alguns anos – via Dow Jones.

A aprovação da agência de um ETF de estratégia de Bitcoin ProShares, o primeiro fundo baseado em futuros de Bitcoin dos EUA, foi interpretada como um grande avanço para criptomoedas.

O fundo começou a ser negociado na semana passada sob o ticker BITO e, consequentemente, empurrou o preço do Bitcoin para um novo máximo histórico (ATH).

Após a impressionante estreia do ETF, o preço do Bitcoin atingiu $ 66.930 em 20 de outubro, de acordo com a CoinMarketCap.

No início deste mês, o presidente da SEC, Gary Gensler, deu uma declaração sobre, produtos complexos negociados em bolsa que alavancavam ETFs. Segundo Gensler, “podem representar riscos até mesmo para investidores sofisticados e, podem criar riscos em todo o sistema, operando de maneiras imprevistas quando os mercados experimentam volatilidade ou condições de estresse”.

Fonte: CryptoSlate

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno.Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_