SEC: Presidente Jay Clayton fala sobre EFTs do Bitcoin

Manipulação do preço é apontada como principal fator, segundo Jay Clayton, para a demora nas EFTs do Bitcoin

O presidente da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC), Jay Clayton, falou recentemente sobre as ETFs (Bitcoin Exchange-traded Funds), que são um dos principais temas de interesses para os participantes do mundo cripto atualmente. Segundo o presidente, o mercado está progredindo, mas ainda há trabalho a ser feito antes que as ETFs possam finalmente ser aprovadas.

Clayton também abordou outros temas, como IPOs e algoritmos de trade. Você pode conferir a entrevista completa que ele concedeu para a CNBC clicando nesse link.

Segundo informações veiculadas junto à CoinDesk, em novembro Jay Clayton disse que as preocupações com a manipulação de preços eram um impedimento importante para a luz verde das EFTs, além de questões como o funcionamento da custódia.

Ontem, dia 9 de setembro, Clayton reiterou essas preocupações quando questionado sobre o assunto, dizendo:

“Uma pergunta ainda mais difícil, dado que eles negociam em bolsas amplamente não regulamentadas, é como podemos ter certeza de que esses preços não estão sujeitos a manipulação significativa? … As pessoas precisavam responder a essas perguntas difíceis para nos sentirmos à vontade de que esse era o tipo apropriado de produto. ”

Clayton, entretanto, não comentou os serviços atualmente disponíveis no mercado, nem mesmo os custodiantes respeitáveis de Wall Street, como Fidelity Investments ou Bakkt (apoiados em grande parte pela Intercontinental Exchange).

Nem todos querem esperar

A CCN já havia noticiado em julho um tema que agora retorna às luzes. A demora pelas EFTs do Bitcoin não agradam a todos. Em resposta a essa espera, um dos candidatos, VanEck Partners, decidiu lançar um produto de solução alternativa nesse meio tempo.

A VanErk usou recentemente uma certa regra de um ato histórico de valores mobiliários para emitir ações do VanEck SolidX Bitcoin Trust para investidores institucionais qualificados. O chefe do  ETF da VanEck, Ed Lopez, espera que a demanda institucional por Bitcoin se materialize na demanda por esse novo produto.

A entrevista repercutiu bastante nas redes sociais, com muitos usuários do Twitter fazendo piadas da fala de Clayton e da demora na aprovação das EFTs:

“É 2050, a SEC ainda não consegue encontrar manipuladores reais em seu próprio mercado de ações.” – disse um dos usuários.

Outro usuário no Twitter chamou bastante atenção ao trazer a metáfora de “mover os postes” ou “mover as traves” (que significa mudar o critério de um processo ou competição enquanto ainda está em progresso), insinuando que a ideia é não sair de fato do lugar.

“Vamos continuar movendo a trave…”

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.