Veja por que a SEC rejeitou o tão aguardado ETF spot de Bitcoin

Apesar de aprovar uma série de pedidos de futuros de Bitcoin no mês passado, a SEC rejeitou o último pedido da VanEck para um ETF spot de Bitcoin.

Em 12 de novembro, a Security and Exchange Commission (SEC) dos Estados Unidos, rejeitou novamente o pedido de ETF spot de Bitcoin da VanEck, citando uma série de razões, incluindo, a necessidade de proteger os investidores da natureza volátil do principal ativo digital.

SEC rejeita VanEck novamente

Os entusiastas da criptomoeda esperavam que, o principal regulador financeiro finalmente aprovasse a listagem do aplicativo à vista, de VanEck, depois de ter aprovado uma série de ETFs Futuros de Bitcoin, no mês passado.

No entanto, a SEC insistiu que não aprovaria um ETF que forneça exposição direta ao Bitcoin, devido à sua natureza volátil, juntamente com o fato de que não há certeza se, o ETF seria capaz de evitar negociações fraudulentas e também proteger os investidores.

Este pedido desaprova a mudança de regra proposta. A Comissão conclui que a, BZX não cumpriu os seus encargos ao abrigo do Exchange Act e das Regras de Prática da Comissão para, demonstrar que a sua proposta é consistente com os requisitos do Exchange Act Section 6 (b) (5), em particular, o requisito de que as regras de uma Bolsa de Valores nacional sejam “projetadas para prevenir atos e práticas fraudulentas e manipuladoras” e “para proteger os investidores e o interesse público”, diz o aviso de sexta-feira.

Comunidade cripto reage à recente rejeição da SEC

Com as notícias da última rejeição da SEC, os membros da comunidade cripto foram rápidos em registrar seu descontentamento com muitos deles, questionando por que a comissão estaria disposta a aceitar um ETF de futuros de Bitcoin enquanto rejeitava um ETF spot de Bitcoin.

Um ETF de futuros de Bitcoin é diferente de um ETF spot de Bitcoin, no sentido de que, o último fornece exposição de investimento direto ao ativo digital, enquanto o primeiro permite que os investidores obtenham exposição indireta ao ativo, por meio da compra de ações, por meio de contas de corretagem.

Uma das respostas à decisão da SEC veio da Blockchain Association, que escreveu que, estava “decepcionada” com a decisão tomada pela agência liderada por Gary Gensler.

Jan Van Eck, o CEO da empresa, também tuitou sobre sua decepção com a nova decisão. Segundo ele:

Os investidores devem ser capazes de obter exposição #BTC, por meio de um fundo regulamentado e que, uma estrutura de ETFs não futuros é a abordagem superior.

Fonte: CryptoSlate

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno.Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_