Senador americano é preso por arquivar falsas acusações envolvendo o roubo de uma máquina de mineração de criptomoedas

O júri ainda aguarda provas para dar o veredito

Recentemente as autoridades americanas prenderam um senador do estado da Geórgia por realizar o arquivamento de um alarme falso consistindo no suposto roubo de sua máquina de mineração de criptomoedas (no valor de US$300.000).

De acordo com o republicano Michael Williams, o servidor desapareceu de sua instalação sem o seu consentimento. Após o arquivamento, três acusações responsabilizam o próprio senador, que atualmente está sob custódia e aguardando um veredito completo.

“No momento, nossa posição é que o Sr. Williams não é culpado (…) Nós ainda não fomos informados das evidências do caso. Eles ainda não nos revelaram isso. Tenho certeza de que irão em breve, mas até o presente momento, não sabemos o que está sendo dito, além do que consta na acusação”, disse o advogado A. J. Richman.

Simpatizante do setor, Williams co-patrocinou um projeto de pagamentos em criptomoedas para o Senado do estado. O senador também ficou muito conhecido por sua política anti-imigração, citando em seus discursos um “ônibus de deportação” para os imigrantes mexicanos, atraindo certo desprezo da opinião pública.

FONTE: ATOZ MARKETS

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli