Shiba Inu quer se recuperar antes da chegada de sua stablecoin

Shiba Inu
Shiba Inu pretende lançar a sua stablecoin ainda este ano – Imagem: Freepik

Shiba Inu está com planos de lançar sua stablecoin em seu ecossistema, apesar do grande exemplo da TerraUSD mostrou para o mercado

De acordo com uma postagem no blog de Shytoshi Kusama, desenvolvedor líder do Shiba Inu, um grupo de desenvolvedores independentes na rede descentralizada está trabalhando em uma stablecoin “SHI”, que deve ser revelada antes de 31 de dezembro, se tudo correr como planejado.

Na última correspondência, o especialista afirmou que estava ciente das preocupações depois de ver outras stablecoins entrarem em colapso e bilhões de dólares serem varridos do mercado. Para evitar isso, os desenvolvedores estão trabalhando em um protocolo experimental do SHI em uma tentativa de selar as brechas que poderiam colocar a referida stablecoin em risco.

Em maio, o mercado de criptomoedas entrou em colapso depois que a stablecoin TerraUSD e sua moeda irmã LUNA implodiram, enviando mais de US$ 44 bilhões em ativos criptográficos pelo ralo. O evento, que foi desencadeado por grandes retiradas do TerraUSD, lançou sérias dúvidas sobre a “estabilidade” das stablecoins , levando a um grave evento de desalavancagem para o ecossistema de empréstimos DeFi e um pedido generalizado de regulamentações.

Kusama observou que a equipe se dedicava a garantir que o SHI fosse “usado para contrabalançar e equilibrar os pagamentos que precisam ser feitos sem flutuações do mercado”. No entanto, o especialista não conseguiu esclarecer mais sobre o projeto, observando que “um conjunto mais detalhado e complexo de informações será divulgado sobre esse token à medida que for finalizado”.

Kusama também sugeriu a introdução de TREAT, um novo token de recompensa para o metaverso do SHIB. O token, que foi discretamente projetado, será usado para obter recompensas para o Metaverse e “ajudar a fornecer equilíbrio” à stablecoin de Shiba Inu. Um suprimento limitado de TREAT também seria reservado para os membros mais leais do projeto, afirmou o blog.

Lançado em agosto de 2020, o Shiba Inu é até agora a segunda maior criptomoeda popular do mundo, depois do DOGE, com um valor de mercado de US$ 6 bilhões. O ecossistema Shib apresenta uma troca descentralizada Shiba Swap e dois tokens de ecossistema, BONE e LEASH.

No momento a criptomoeda está sendo negociada a USD 0.00001105, tendo uma desvalorização de 2,33% no intradiário e uma valorização de 7,74% nos últimos, de acordo com os dados da Coin Market Cap.

Os desenvolvedores do Shiba Inu estão trabalhando para expandir o ecossistema por meio da introdução do Shibarium, um protocolo de camada 2 que dará suporte à implantação de outros aplicativos descentralizados nativos. A equipe também está desenvolvendo um metaverso para o ecossistema que será suportado pela referida stablecoin.

Enquanto isso, o token “SHIB” do Shiba Inu continua mostrando força após as notícias e tem sido negociado em um intervalo apertado nos últimos três dias. Apesar de sofrer uma dolorosa derrota no último semestre, o token aumentou mais de 45% nas últimas três semanas, com mais investidores acumulando o token em meio a especulações do protocolo Shibarium.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_