Simon Peters: $ 20.000 é a próxima meta para o Bitcoin

Simon Peters tem demonstrado grande otimismo acerca do futuro do Bitcoin

Aqui está o que o analista de mercado Simon Peters disse sobre o Bitcoin e os mercados de criptomoedas ao conversar com o CoinJournal no início de novembro, antes da eleição nos Estados Unidos:

Como você acha que a eleição dos EUA impactará o mercado de criptomoedas? Uma vitória de Biden será boa ou ruim para os mercados cripto?

“Eu não acho que você pode dizer que é preto no branco se Biden será bom ou ruim para as criptomoedas. Vimos alguns comentários e tweets de Trump dizendo que ele não é fã de Bitcoin e outros criptomoedas. No entanto, alguns dos principais funcionários de Trump fizeram comentários positivos sobre cripto, enquanto alguns democratas na Câmara fizeram algumas coisas negativas sobre cripto.

 

Contudo, o que está acontecendo com a Covid pode ter um impacto maior, pois estamos vendo casos recorde nos EUA. Muito foco na comunidade cripto será em um pacote de estímulo proposto, ou seja, o pacote de estímulo fiscal. Tem havido muita especulação sobre quanto será e como será financiado. Se maior liquidez for injetada na economia pelo Fed, isso poderia ter um impacto benéfico sobre o Bitcoin.

 

Recentemente, também houve empresas como a Micro Strategy e a Square que compraram Bitcoin como uma proteção contra a inflação e podemos ver mais empresas seguirem essa tendência.

 

O coronavírus também destacou a necessidade de um dólar digital ou CBDC, como vimos com o estímulo que já saiu, foi enviado em cheque pelo correio, o que significava que as pessoas tinham que entrar na fila para descontá-los , o que é muito caro e demorado. Uma moeda digital poderia evitar esses problemas, pois a distribuição seria muito mais fácil e evitar essas enormes ineficiências, que poderiam ter um efeito indireto que é bom para o mercado de criptomoedas mais amplo.”

O Bitcoin não mostra sinais de desaceleração tão cedo. Como você vê a evolução do preço nas próximas semanas?

“Desde o início do Bitcoin, temos feito continuamente topos e fundos mais altos, o que é, por definição, uma tendência de alta. Mesmo com a queda de preços que vimos no início de março deste ano, o fundo de $ 3.850 ainda era mais alto do que a anterior definida em dezembro de 2018 no final do mercado de baixa mais recente.

 

A marca de $ 14.000, que foi a maior alta que vimos em 2019, foi um nível de resistência chave para mim. Agora que o preço rompeu confortavelmente esse nível de resistência e a trajetória atual do preço parece forte, agora há uma possibilidade real de que possamos ver uma nova alta de todos os tempos antes do final do ano.

 

Embora eu ache que veremos uma correção de preço na faixa de $ 17.200 – $ 17.500, acho que este touro parece diferente.

 

Desde a última grande alta dos preços em 2017, há uma série de fatores que contribuem para o atual aumento do preço do Bitcoin, incluindo um influxo maciço de investidores de instituições de grande escala, como fundos de investimento listados, esquemas de pensão e fundos de doação universitários, o que mostra quão distante o Bitcoin chegou. Conjuntos de dados que analisam a saúde do Bitcoin observando os dados da blockchain, a tecnologia que sustenta as cripto, também estão relatando fortes sinais que justificam os recentes aumentos de preços.

 

O nível de $ 20.000 é claramente o próximo alvo para o Bitcoin. Se superarmos isso neste ano, o que acredito ser possível, estaremos em um território desconhecido, pois o sentimento continua positivo. A maturidade do Bitcoin, evidenciada pela diversidade de seus investidores e conjuntos de dados extensos e abrangentes, significa que podemos dizer com alguma apreensão, ‘desta vez é diferente’.”

Você pode conferir a entrevista completa clicando nesse link.

Fonte: CoinJounal

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.