Liquid Exchange remove 29 criptomoedas de seu inventário

Devido aos rígidos regulamentos de Singapura, Liquid precisou remover 29 criptomoedas que até então eram ofertadas em sua plataforma

Uma das maiores exchanges de criptomoedas do Japão, a Liquid, solicitou uma licença para operar em Singapura. Sua empresa controladora, Quoine, é licenciada pela Agência de Serviços Financeiros do Japão (FSA). A Liquid havia anunciado na semana passada:

“Devido aos requisitos de conformidade elevados estabelecidos pelos regulamentos de Singapura, alguns tokens listados não podem continuar sendo negociados na Liquid e serão retirados dos mercados.”

A partir de segunda-feira, as criptomoedas que foram ou serão excluídas são SNX, MITH, DRG, WLO, STORJ, WIN, VUU, XNK, PPL, ENJ, AMLT, DENT, FSN, GEN, LND, MITX, SPHTX, MRK, BRC, XMR, NEO, IPSX, ADH, ZEC, IHF, PMA, XLM, QAX e HIDRO.

————————————————————————————————————————————–

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: coinext.com.br

————————————————————————————————————————————–

As negociações e os depósitos já foram interrompidos para algumas dessas criptomoedas e seus pares de negociação, mas os clientes ainda podem retirar suas moedas. No entanto, a exchange observou que “alguns desses tokens estão em negociações com os reguladores e podem ser recolocados no futuro próximo”.

Singapura tem trabalhado na implementação de regras mais rígidas nas exchanges de criptomoedas para cumprir os padrões do GAFI. A Autoridade Monetária de Singapura emitiu um documento de consulta em 21 de julho descrevendo “padrões aprimorados” dos requisitos de ABC/CFT para provedores de serviços de ativos virtuais (VASPs). O documento de consulta pode ser encontrado aqui.

Fonte: Bitcoin.com

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.