Sites falsos do ICO da Telegram não param de surgir

Telegram e seus 9 ICOs

Os investidores interessados na oferta inicial de moeda (ICO) multibilionária da Telegram se tornaram as presas favoritas de golpistas.

Aparentemente, existem cerca de nove sites alegando estar vendendo o token da Telegram.

A maioria dos sites afirmam que a pré-venda do token, com o preço listado em cerca de $1 dólar, acabará por volta deste fim de semana. Curiosamente, o primeiro site identificado como falso foi tirado do ar.

Muitos dos sites encontrados são semelhantes e possuem muitos elementos de design parecidos, e outros são apenas cópias descaradas de si mesmos. Além disso, muitos dos sites usam uma linguagem idêntica para descrever sua suposta oferta:

“Apresentamos-lhes a GRAM, a criptomoeda representante do Blockchain TON. Duzentos milhões de usuários da Telegram receberão uma carteira TON, tornando-a na criptomoeda mais adotada do mundo. Ela facilmente acomodará milhões de usuários e milhares de aplicações descentralizadas, oferecendo canais de pagamento diretos para transferir o valor em milissegundos.”

Leia mais: Wirex lança “cripto cartões de débito” na Europa

Público não autorizado

A busca pelos autores desses sites gerou resultados diferentes, incluindo alguns que tentaram dar um ar de legitimidade para suas páginas.

Por exemplo, a página Telegram.tokyo foi registrada por alguém que alegava ser o fundador da Telegram Pavel Durov, enquanto a página tonico.info aparentemente atribuiu a autoria a outro russo chamado de Vladimir Timofeev.

Não se sabe se estes indivíduos possuem alguma ligação às páginas registradas em seus nomes. Para a maioria dos sites, as informações sobre o registro de domínio foram omitidas.

O problema por trás desses esquemas, é que, em grande parte, o ICO da Telegram não está aberto ao público. Até o momento, todas as vendas estão disponíveis apenas aos investidores credenciados e não se sabe quem exatamente está comprando a plataforma da Telegram.

Além disso, até agora, nenhum token está sendo vendido: O ICO está operando sob os termos de um acordo simples para novos tokens (SAFT), ou seja, os tokens comprados não serão distribuídos até que vários períodos de espera tenham passado. O maior período durará 18 meses.

Da mesma forma, não se sabe se a Telegram tomou quaisquer medidas para impedir tais atividades. A empresa ainda não forneceu informações a respeito do assunto.

Fonte: Coindesk.com

Foto de Andre Cardoso
Foto de Andre Cardoso O autor:

André , ariano, engenheiro, empreendedor, trader de criptos profissional, palestrante e professor. Adora números, gráficos e aprender coisas novas.

andre.cardoso.btc/