SoftBank junta investimento de US$ 60 milhões na empresa de análise de criptomoedas Elliptic

A Elliptic levantou US$ 60 milhões em uma rodada de financiamento da Série C liderada pela Evolution Equity Partners e auxiliada por novos investimentos da SoftBank.

A Elliptic, fornecedora de serviços de gerenciamento de risco de criptoativos com sede em Londres, anunciou que arrecadou US $ 60 milhões em uma rodada de financiamento da Série C liderada pela Evolution Equity Partners.

A gigante japonesa de investimentos em tecnologia SoftBank também participou da rodada por meio de seu Vision Fund 2 de US $ 30 bilhões, ao lado de investidores existentes, incluindo AlbionVC, Digital Currency Group, Wells Fargo Strategic Capital, SBI Group, Octopus Ventures, SignalFire e Paladin Capital Group.

Anteriormente, a Elliptic arrecadou US$ 5 milhões na Série A em 2016 e US$ 28 milhões na Série B ao longo de 2019-2020.

Em uma postagem de blog, a empresa descreveu a última rodada como “um reconhecimento de nosso papel crítico no ecossistema cripto”, acrescentando que planeja usar os fundos para acelerar seus esforços de pesquisa e desenvolvimento.

A Elliptic expandirá sua equipe global de especialistas com foco específico nos Estados Unidos.

“Já crescemos, como equipe, quase 50% este ano e usaremos esse investimento para crescer ainda mais rápido”.

Disse a empresa em um comunicado.

“Até o final de 2022, cresceremos para mais de 200 Elliptites globalmente.”

Detecção de atividades ilícitas em criptoativos.

A Elliptic trabalha com instituições financeiras tradicionais, agências governamentais, empresas de fintech e empresas de criptomoedas, oferecendo um conjunto de ferramentas investigativas e de conformidade desenvolvidas especificamente para monitorar transações envolvendo moedas digitais, como Bitcoin, Ethereum, Binance Coin e muitos mais.

Alguns dos clientes da empresa incluem o aplicativo de negociação de cripto Revolut, a Fundação Stellar e o gigante bancário espanhol Santander.

Em junho deste ano, a empresa adicionou as moedas com foco na privacidade Zcash (ZEC) e Horizen (ZEN) à sua lista de criptomoedas com suporte, seguidas por Polkadot (DOT) e Algorand (ALGO) no início deste mês.

Recentemente, os pesquisadores da Elliptic ajudaram a descobrir o Antinalysis, uma nova ferramenta online que provavelmente foi construída por um administrador de um mercado darknet para ajudar seus comerciantes a lavar Bitcoin.

Descrito pelo co-fundador da Elliptic, Tom Robinson, como uma “ferramenta de análise de blockchain desenvolvida para criminosos, por criminosos”, o Antinalysis permite que os usuários verifiquem de onde o Bitcoin que possuem se origina e quão arriscado é mantê-lo.

 

Fonte: DeCrypt

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8