Startup lança a primeira exchange de criptomoedas na Lightning Network

É lançada primeira exchange baseada na Lightning Network

De acordo com um post publicado no Medium nesta segunda-feira (8), acaba de ser lançada a versão beta da Sparkswap, primeira exchange de criptomoedas desenvolvida na Lightning Network (LN).

Para os não familiarizados, a Lightning Network é uma solução desenvolvida para problemas de escalabilidade das criptomoedas que viabiliza transações mais baratas e rápidas que podem ser compensadas no referido blockchain.

Utilizando-se dessa tecnologia, a startup Sparkswap lançou uma plataforma que possibilita negociar Bitcoin por outras criptomoedas em segundos, sem a necessidade de terceiros.

“A Sparkswap é uma nova maneira de negociar criptomoedas sem abrir mão do controle de seus ativos e expô-los a roubos ou perdas. Entretanto, diferente de outras exchanges sem custódia, a Sparkswap permite que você negocie através de blockchains (incluindo Bitcoin) e conclua o trade em poucos segundos – comparável a exchanges centralizadas e de custódia.”

De acordo com a publicação, pela primeira vez um trade sem custódia poderá competir com exchanges custodiantes. Durante a versão beta, a iniciativa irá disponibilizar apenas o par BTC/LTC.

Aparentemente o projeto reuniu US$3.5 milhões de grandes empresas, como Initialized Capital, Pantera Capital, Foundation Capital e Y Combinator. A publicação também cita que a equipe está contratando engenheiros para “ajudar a construir o futuro do sistema financeiro”.

Recentemente o WeBitcoin noticiou que o pesquisador Felix Weis executou a primeira transação em um ATM de Bitcoin na Lightning Network durante o Lightning Hackday, evento realizado em Hong Kong.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli