Subsidiária da OKEx lança stablecoin atrelada ao dólar

OKLink lança nova stablecoin em parceria com a Prime Trust

Nesta segunda-feira (3) a OKLink, subsidiária da exchange de criptomoedas OKEx, lançou uma nova stablecoin atrelada ao dólar, a USDK.

Criada como um token ERC-20 no protocolo Ethereum, o novo ativo foi lançado em parceria com a Prime Trust, empresa americana focada na indústria blockchain.

A iniciativa havia sido noticiada por Star Xu, fundador da OKEx, em março de 2019. De acordo com o anúncio, o objetivo da nova moeda é oferecer “serviços diversificados”. Aparentemente o ativo também irá operar a OKChain, sistema blockchain em desenvolvimento pela OKEx que supostamente irá lançar uma versão para testes ainda este mês.

De acordo com o site oficial da OKLink, cada unidade emitida da nova stablecoin é atrelada a 1 USD “da Conta Especial da Prime Trust”.

“Os usuários irão depositar USD na contra trust quando comprarem USDK, e a trust irá sincronizar os dados relevantes com a OKLink. Assim que confirmado, a USDK será emitida no blockchain e transferida para o usuário.”, afirma o site.

Inicialmente, não haverá taxas para ordens abertas e transações, e até o momento onze pares de trading foram apontados, sendo eles BTC/USDK, LTC/USDK, ETH/USDK, OKB/USDK, ETC/USDK, BCH/USDK, EOS/USDK, XRP/USDK, TRX/USDK, BSV/USDK, e USDT/USDK.

Anteriormente o WeBitcoin noticiou que a SIX, maior Bolsa de Valores da Suíça, pretende lançar uma stablecoin atrelada ao franco. Apesar do caso ter sido confirmado por um porta-voz da bolsa, não foram revelados muitos detalhes sobre o ativo, como por exemplo, se a moeda virtual teria utilização exclusiva nas negociações da própria instituição, ou poderia ser usada em outras transações e plataformas.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli