Sucesso no lançamento do token do Flamengo

FTOs (Fan Tokens) tem preço inicial definido pelos times, são usadas para contratações e dão benefícios aos torcedores.

Flamengo da mais um passo para a inovação, hoje (19 de Outubro de 2021) às 10h, iniciou a venda do Fan Token $Mengo, foram precisos 26 minutos para que mais de 1 milhão de tokens fossem vendidos.

A empresa por trás dos tokens é a mesma que fez a venda dos fan tokens do Atlético Mineiro e Corinthians. Esses Fan Tokens são considerados uma forma inovadora do clube se aproximar dos seus torcedores e adquirir recursos.

Quem adquiriu o Fan Token $Mengo participará de decisões do dia a dia do clube, principalmente envolvendo a torcida, além de promoções e benefícios exclusivos. A primeira votação já está disponível e é: “Qual mensagem motivacional estará na parede do vestiário do Maracanã?”.

O Clube apresentou três opções e os torcedores podem escolher a preferida. Na primeira opção, aparece:

Quero cantar ao mundo inteiro a alegria de ser rubro-negro. Conte comigo, Mengão”,

na segunda possibilidade é outra parte da música:

Amor maior não tem igual. Eu juro que no pior momento vou te apoiar até o final”,

por fim, a opção é:

Mengo é paixão. Religião. Uma certeza de felicidade no meu coração”.

 

Plataforma travou.

A plataforma responsável pela venda do $MENGO, a sócios.com, lançou a venda com um limite de 100 MENGO para cada torcedor e a partir de 12 horas, a previsão é que o limite de compra de $MENGO por usuários seja aumentada de 100 moedas para 250, ao iniciar as vendas a empresa responsável emitiu uma nota avisando aos interessados pelo token, que a plataforma estava passando por dificuldades no acesso, devido a alta demanda que superou as expectativas.

“Nação, devido à alta demanda de usuários no app, é possível que vocês tenham que repetir o processo algumas vezes. Não desistam!”.

Informando tudo sobre os bastidores do futebol, o Planeta Futebol, também tuitou sobre a situação da plataforma.

Entenda o que são Fan Tokens.

Fan tokens são ativos digitais emitidos na blockchain e que são enquadrados como tokens utilitários. Eles não funcionam como moeda ou como valor mobiliário, mas têm uma função específica dentro de um ecossistema onde são aceitos.

Isso quer dizer que não é possível usar fan tokens como pagamento, mas as pessoas que os detêm podem usá-los para acessar certos serviços que variam conforme a marca que representam e a plataforma onde funcionam.

Nesse caso dos times de futebol, os fan tokens dão ao detentor o acesso a vantagens diferentes daquelas oferecidas ao sócio torcedor e, em geral, estão ligadas ao meio virtual: participação em lives e votação em enquetes para escolher músicas e frases escritas no vestiário estão no cardápio pensado pelos setores de marketing para engajar torcedores.

Esse é um novo método do clube e torcedor conectarem suas paixões.

Na Europa, a Juventus já tem seu Fan Token assim como: Barcelona, Milan, PSG e Manchester City.

 

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8