“Sumiço” financeiro em Gana: Bitcoin poderia ter salvo milhares

Estado “some” com bilhões

Segundo relatos, uma “limpeza” maciça do sistema bancário de Gana deixou dezenas de milhares de pessoas imaginando para onde foram suas economias. A repressão reduziu o número de credores em um terço e resultou no fechamento de 23 empresas de poupança e empréstimos. Também desencadeou uma corrida aos gestores de fundos que causou uma onda de vendas e liquidação em massa de participações.

Estima-se que U$ 1,6 bilhão tenha sido eliminado, o que representa mais de um terço dos ativos que os gestores de fundos privados supervisionam para investidores institucionais e de varejo. O principal regulador financeiro de Gana, a SEC (Securities and Exchange Commission), aumentou a pressão sobre pelo menos 20 gestores de fundos sob suspeita de violar as regras.

A SEC impediu que os gestores de ativos recebam novos investimentos, pois podem ser usados ​​para pagar os investidores existentes. O rápido sumiço das economias deixou até 70.000 pessoas procurando desesperadamente respostas para onde suas poupanças foram. Lord Mensah, professor sênior de finanças da Universidade de Gana, comentou;

“Está atravessando todas as casas de finanças e, quando isso acontece, o governo precisa intervir para restabelecer a confiança. Não há nada que possamos fazer além de garantir que criamos o ambiente necessário para recuperar a confiança dos investidores novamente.”

A probabilidade de o governo ressarcir os investidores lesados é pequena, já que o banco central visava as empresas de poupança que os serviam. Muitos já estão culpando o governo por não ter provisões adequadas para evitar tais fiascos financeiros. Especialista em crime financeiros e em Governança e Regulamentação, Kwadwo Kusi-Frimpong, escreveu;

“A questão que o Gana enfrenta é mais sobre ter um sistema e controles adequados para garantir que não haja espaço para tais coisas acontecerem.”

Bitcoin é a solução

O observador da indústria de cripmoedas “Rhythm Trader” disse que a gestão financeira não deveria precisar de intermediários e, o bitcoin, com sua rede em constante expansão, é a resposta.

“As economias de dezenas de milhares foram eliminadas da noite para o dia.
É por isso que salvar sua riqueza deve ser simples e não precisar de um intermediário.
Bitcoin conserta isso.”

Muitos argumentam que a volatilidade do bitcoin está mantendo as massas à distância, juntamente com o fato de que é um investimento de alto risco. Mas para milhares de ganenses, o que eles percebiam como investimentos tradicionais provou ser um risco muito maior.

Fonte: Bitcoinist

 

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.