Suprema Corte da Austrália impõe congelamento de fundos e proibição de viagens a John Bigatton, promotor de esquema Ponzi bilionário

O  processo corre desde o ano passado

As autoridades da Austrália recentemente impuseram uma ordem para proibir viagens e congelar os fundos de John Bigatton, grande promotor de um esquema Ponzi de US$2,6 bilhões.

WeBitcoin: Suprema Corte da Austrália impõe congelamento de fundos e proibição de viagens a John Bigatton, promotor de esquema Ponzi bilionário

Bigatton é apontado como acionista e diretor da BitConnect International Plc e o único representante da companhia na Austrália. A esposa de John, Madeline Bigatton, aparentemente é a única acionista de uma empresa chamada JB’s Investment Management, que teve seus ativos congelados por uma suposta ligação com o esquema.

De acordo com a mídia local, Madeline desapareceu em março de 2018 e ainda não foi encontrada. Aparentemente, John não está envolvido no desaparecimento.

O processo de proibição e congelamento iniciaram em dezembro do ano passado, quando Bigatton foi ordenado a divulgar suas contas bancárias e todas as criptomoedas que detinha.

FONTE: COINTELEGRAPH