Token do Barcelona está sendo negociado 185% acima do preço original de venda

Barcelona já arrecadou mais de US$ 1,3 milhão com a venda de seu token, cuja procura foi 5x maior que o esperado

O clube espanhol de futebol profissional Barcelona vendeu 1,2 milhão de euros (US $ 1,3 milhão) em tokens de fãs em menos de duas horas. 600.000 tokens foram vendidos a um preço fixo de € 2 (US$ 2,24) e são negociáveis ​​no Socios.com e no ChiliZ.net.

O token cripto – chamado $ BAR – foi vendido através do Socios.com através da blockchain ChiliZ. Até o momento, o BAR estava sendo negociado a US$ 6,40, abaixo da alta de cerca de US$ 12 atingida ontem. Esses são os tokens ERC-20 que são criados usando a já mencionada blockchain ChiliZ.

Com cerca de US$ 2,5 milhões registrados em volume de negociação, o ativo cripto se tornou o segundo mercado mais negociado na exchange Chiliz, atrás do BTC/USD.

A venda inicial do token, que ocorreu em 106 países diferentes, superou as expectativas em cerca de 5x.

Os detentores de tokens são elegíveis para recompensas de equipe baseadas no engajamento, como encontrar jogadores e assistir a jogos como um convidado VIP, votando em pesquisas específicas do clube. Os fãs já podem votar na primeira pesquisa do Barça para escolher uma obra de arte criada por fãs para entrar no vestiário do Camp Nou.

Eles até lançaram um recurso de classificação para permitir que os fãs competissem e se tornassem os fãs número 1 em seu país. Além disso, nos próximos meses, os recursos de jogos e bate-papo também serão lançados no Socios.com. Alexandre Dreyfus, CEO e fundador da ChiliZ & Socios.com disse:

“O futebol é um jogo global e o suporte se estende muito além do estádio, cidade e país do clube. É uma estatística que usamos com frequência, mas para os maiores clubes do mundo, 99,99% de seu apoio está fora do estádio “.

O Barcelona não é apenas um dos clubes de futebol mais populares, mas também um dos mais ricos do mundo, com mais de 300 milhões de torcedores. O token, que foi lançado pela primeira vez em fevereiro, foi projetado para promover o envolvimento dos fãs.

Além do token de fã, o ChiliZ vem trabalhando em um ‘passe de imunidade’ COVID-19 baseado em blockchain para assistir ao vivo as partidas de futebol. No início deste ano, o ChiliZ fez uma parceria com a Chainlink e também com o gigante do MMA, o UFC, para equipamentos e ingressos esportivos.

Fonte: BTC EG

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.