Trabalhar com criptomoedas? Circle contratará 100 funcionários

A Circle, startup de Fintech, disse que contratará 100 funcionários para se expandir para a Ásia e para melhorar suas operações na Poloniex, exchange recentemente adquirida pela empresa.

Novos funcionários cripto

A empresa de Dublin, na qual recebeu financiamento da Goldman Sachs e da gigante empresa chinesa de tecnologia Baidu, utilizará seus novos funcionários para melhorar o atendimento ao usuário e melhorar o funcionamento das operações na Poloniex, na qual, segundo informações, foi adquirida pela Circle pelo valor de $400 milhões de dólares, um dos maiores negócios já feitos nesta indústria.

No momento, de acordo com seu volume diário de negociações, a exchange americana Poloniex é a 14ª maior exchange do mercado e de acordo com dados do CoinMarketCap, nas últimas 24 horas, a Poloniex processou cerca de $180 milhões de dólares em negociações.

Alguns dos novos empregados deverão auxiliar na plataforma de negociação institucional da empresa, a Circle Trade, na qual gerencia aproximadamente $4 bilhões de dólares em negociações por mês e que começará a processar negociações em moedas convencionais da Ásia. De acordo com a Bloomberg, aproximadamente um terço dos novos funcionários serão realocados em escritórios espalhados em países como a China, a Coreia do Sul e o Japão.

Leia mais: Bilionário do setor de fundos de cobertura aposta alto nas criptomoedas

Circle possui grandes planos para Poloniex

Em um comunicado sobre a aquisição da exchange, a empresa disse que planeja transformar a exchange “em um mercado aberto de tokens globais” que “possua tokens que agreguem valor,” desde ações até obras de arte e de literatura.

“A perspectiva a longo prazo é de que cada ativo que possua valor no planeta se torne em um token cripto,” disse Jeremy Allaire, cofundador da cricle, em uma entrevista para a Bloomberg. “Queremos disponibilizar mais mercados, mais ativos, queremos localizá-los e lançá-los em mercados mais internacionais e, devido a grande importância, precisamos trabalhar com os órgãos regulamentares mais relevantes,” disse Allaire ao se referir à exchange.

A Circle também lançou recentemente um aplicativo de investimentos em criptomoedas –  Circle Invest – que fornece ao investidor de varejo negociações sem a cobrança de taxas em cinco criptomoedas e possui preços semelhantes à plataforma de investimento institucional da empresa.

No entanto, a Coinbase – líder do mercado ocidental, no qual a Circle deseja destronar – anunciou na quarta-feira que tinha recebido uma licença que permitirá que a empresa forneça serviços financeiros no Reino Unido, se tornado a primeira exchange de criptomoedas a possuir uma conta bancária na Inglaterra. A Coinbase também revelou que planeja aumentar sua equipe de funcionários em Londres em virtude de sua maior presença no mercado europeu.

Fonte: CCN.com