Travala vê aumento de 205% na receita de reservas à medida que a demanda por viagens retorna

Travala vê demanda por viagens retornando apesar da Covid-19

A Travala.com, um site em que os viajantes podem reservar voos de mais de 600 companhias aéreas e mais de 2 milhões de hotéis e acomodações em todo o mundo, publicou segunda-feira seu relatório mensal de desempenho para maio. A indústria global de viagens foi severamente afetada pela pandemia de coronavírus, crise econômica e quarentenas prolongadas.

“Passamos alguns meses turbulentos, devido a restrições de viagens e fechamento de fronteiras, resultando em cancelamentos e reservas reduzidas”, admitiu a Travala. Entretanto, a empresa acrescentou:

“A confiança e o desejo de viajar estão retornando com um aumento significativo na demanda… No geral, nossa receita de reservas para o mês de maio foi de US$ 68.162, o que representa um aumento de 205% em relação a abril.

O tráfego para a Travala.com cresceu substancialmente durante o mês, detalhou a empresa. O tráfego direto para o site dos EUA cresceu 541%, seguido pelo Vietnã (118%), Reino Unido (80%), Holanda (56%) e Alemanha (54%).

Além disso, “o número total de noites reservadas [em maio] foi de 541, um aumento de 45,8% em relação a abril”. Os principais países reservados foram EUA, Tailândia, Espanha, Holanda, Austrália, Polônia e Vietnã.

A Travala listou muitos parceiros de negócios em várias categorias, bem como vários métodos de pagamento em seu site. Seus parceiros de viagem incluem Booking.com, Priceline e Travelbybit. Seus parceiros de blockchain incluem Binance, Litecoin Foundation, Digibyte, Tron, Huobi, Bitcoin.com, Gemini, Komodo, Waves, Coingate, Gocoin, Kucoin, Crypto.com e Changelly.

Travala Sees 205% Jump in Booking Revenue as Travel Demand Returns — 60% Paid With Cryptocurrencies

Lista de parceiros da Travala mostrando muitas empresas de criptomoedas

 

O site de reservas de viagens compatível com criptos aceita ainda uma ampla gama de criptomoedas, como BTC, BCH, BNB, AVA, USDT, ETH, LTC, XRP, TRX, EOS, ADA, WAVES, XEM, DAI, QTUM, DASH, XMR, XLM, NANO, NEO e GUSD. No geral, a empresa detalhou:

“Mais de 60% do total de reservas em maio foram pagar com criptomoedas.”

Além disso, a Travala forneceu detalhes de métodos de pagamento populares usados ​​em seu site. Cerca de 21% de todas as reservas foram pagas em Bitcoin (BTC), seguidas pelo seu token nativo AVA (16%), Crypto.com Pay (14%), BNB (2%) e outras criptomoedas (7%). Enquanto isso, cartão de crédito e Paypal representaram 40%.

Fonte: Bitcoin.com

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.