Twitter processa Elon Musk por desistir de acordo de compra de US$ 44 bilhões

Twitter processa Elon Musk por desistir de acordo de compra de US$ 44 bilhões

O Twitter tomou medidas legais contra Elon Musk, que rescindiu o acordo para comprar a gigante da mídia social dias atrás.

O gigante da mídia social Twitter entrou com uma ação contra o CEO da Tesla e da SpaceX, Elon Musk, buscando forçar o bilionário a fechar o acordo de aquisição conforme acordado por ambas as partes. As informações são do site CryptoPotato.

De acordo com documentos judiciais, a queixa apresentada no Tribunal da Chancelaria de Delaware na terça-feira (12 de julho de 2022) alega que Musk violou os termos de um acordo de fusão assinado pelo Twitter e pelo CEO da Tesla.

A denúncia afirmava que Musk “repetidamente menosprezou o Twitter e o acordo” desde a assinatura do acordo de fusão.

Enquanto isso, o mais recente desenvolvimento ocorre logo após Musk encerrar o acordo para comprar a empresa de mídia social por US$ 44 bilhões, após uma suspensão inicial. Parte do motivo da rescisão foi que o Twitter se recusou a fornecer informações relacionadas a bots de spam.

No entanto, o processo recente afirmou que as alegações de Musk eram um “pretexto” e sem mérito. Um trecho do documento do tribunal diz:

“Tendo montado um espetáculo público para colocar o Twitter em jogo, e tendo proposto e assinado um acordo de fusão favorável ao vendedor, Musk aparentemente acredita que ele – ao contrário de todas as outras partes sujeitas à lei contratual de Delaware – é livre para mudar de ideia, jogar fora a empresa, interromper suas operações, destruir o valor dos acionistas e ir embora.”

Em abril, Musk comprou uma participação de 9,2% no Twitter, seguido pela nomeação do bilionário para o conselho de administração da empresa. A nomeação, no entanto, durou pouco depois que Musk reverteu sua decisão.

Em vez disso, o CEO da Tesla se ofereceu para comprar o Twitter por US$ 44 bilhões, o que a empresa aceitou. Enquanto isso, a reclamação do Twitter alegou que Musk está agindo contra o acordo desde que os mercados começaram a cair.

De acordo com o processo, “em vez de arcar com o custo da desaceleração do mercado, como exige o acordo de fusão, Musk quer transferi-lo para as partes interessadas do Twitter”.

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.