Tyler Winklevoss espera que os governos abandonem o ouro a favor do Bitcoin

Ideia de Winklevoss está inserida no contexto do Banco da Inglaterra (BoE) se recusando a liberar as riquezas em ouro da Venezuela

A surpreendente previsão feita por um dos ‘bilionários do Bitcoin’ estava relacionada às notícias sobre o Banco da Inglaterra (BoE) que se recusava a liberar US$ 1 trilhão em reservas de ouro da Venezuela.

Mantendo refém do ouro

A Venezuela contava com o banco central do Reino Unido há décadas para armazenar suas reservas de ouro, mas obter acesso a seus cofres à prova de roubo provou ser extremamente difícil.

Como os governos americano e britânico consideram o presidente Nicolas Maduro um funcionário eleito ilegalmente, o BoE não está correndo para entregar o ouro ao ditador cujo erro causou um desastre econômico na Venezuela (segundo o entendimento do BoE).

O regime de Maduro, que permanece sob sanções ocidentais debilitantes, está lutando para lidar com a pandemia em curso que afetou enormemente o fraco sistema de saúde do país.

Em uma tentativa de se apossar de suas riquezas em ouro, Caracas entrou recentemente com uma ação contra o BoE, alegando que precisa das suas reservas para combater o vírus mortal.

Governos podem recorrer ao Bitcoin

Tyler Winklevoss aparentemente acredita que a briga legal da Venezuleula com o BoE poderia fazer que os governos ‘repensem’ suas estratégias de ouro em favor do Bitcoin, uma criptomoeda descentralizada e não confiscável.

Por exemplo, o Reserve Bank of Australia (RBA) mantém quase 80 toneladas do metal precioso em cofres de Londres.

A fim de diminuir sua exposição ao dólar americano, China e Rússia têm aumentado agressivamente suas reservas de ouro há décadas. Os dois países também atuam como os principais credores da Venezuela, atingida pela hiperinflação, que lhe concedeu mais de US$ 90 bilhões em empréstimos e investimentos.

Conforme relatado pela U.Hoje, o host da RT, Max Keiser, sugeriu que a China e a Rússia poderiam adicionar Bitcoin à sua reserva estratégica em cima do ouro.

Fonte: U.Today

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.